Giro UOL traz os destaques da manhã desta segunda, 02/05, para você; ouça

Aline Rocha

Do UOL, em São Paulo

Também têm culpa?

Um levantamento do jornal Folha de S. Paulo mostra que 24 dos 51 senadores que já declararam ser a favor do impeachment da presidente Dilma liberaram a petista para gastar além do autorizado pelo Congresso em 2014 e 2015.

Nesses dois anos, os senadores aprovaram orçamentos em que o superavit primário deveria ser superior a R$ 150 bilhões. Essa mudança autorizou Dilma a fazer o oposto, com dois déficits que somaram R$ 137 bilhões. O governo usa essa autorização legislativa para desqualificar uma das duas denúncias contra Dilma, a de assinatura de decretos de suplementação orçamentária em 2015.

Leia mais

Ex-presidente no poder

Michel Temer deve procurar o ex-presidente Lula caso Dilma seja afastada pelo processo de impeachment no Congresso. O vice avalia que a ajuda do PT "seria de extrema importância" para garantir a estabilidade de um novo governo.

Já o PMDB acredita que Lula é fundamental para segurar as pressões das ruas.

Leia mais

Mudanças em benefícios

A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem que vai reajustar em 9% o valor dos benefícios do Bolsa Família. A petista também confirmou que vai corrigir a tabela do Imposto de Renda sobre pessoa física em 5%.

Dilma diz que as propostas estavam previstas desde 2015, e as receitas aumentaram neste ano para garantir o reajuste chamado de "pacote de bondades". Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, classificou as medidas como um "ato de desespero".

Leia mais

Senador investigado

A defesa de Delcídio do Amaral (PT) entrou com um pedido de anulação do processo de cassação do senador no Conselho de Ética. Para os advogados de Delcídio, existem 12 razões para anular a ação, entre elas a falta de imparcialidade de integrantes do conselho.

A votação do processo está marcada para amanhã. Os advogados dizem ainda que Delcídio foi usado para atender interesses do ex-presidente Lula e do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. O Instituto Lula nega e informa que a tese do senador é "fantasiosa".

Leia mais

Fogo em São Paulo

Um incêndio atingiu dezenas de barracos na favela Capadócia, na região da Brasilândia, em São Paulo, na noite de ontem.

O fogo começou por volta das 22h50 e atingiu uma área de 1.500m². De acordo com a Defesa Civil do Estado, 60 barracos foram destruídos e 300 pessoas estão desabrigadas. A causa do incêndio está sendo investigada.

Leia mais

Atrasados também podem

Não conseguiu entregar a declaração do imposto de renda? Ainda há chances de acertar as contas com o leão. A Receita Federal reestabelece hoje o sistema de recepção das declarações deste ano.

Mas o contribuinte tem que pagar multa pelo atraso. O valor mínimo é de R$ 165,74, mesmo para quem é isento de imposto.

Leia mais

Finais pelo Brasil

O Santos arrancou um empate por 1 a 1 contra o Audax na primeira partida da final do Campeonato Paulista, e agora depende de uma vitória simples para conseguir o título no próximo domingo.

No Rio, Jorge Henrique fez o único gol da vitória do Vasco sobre o Botafogo por 1 a 0. Em Minas Gerais, Robinho perdeu pênalti e viu o Atlético-MG ser derrotado por 2 a 1 para o América no primeiro duelo da final do Campeonato Mineiro.

Já o Internacional venceu o Juventude por 1 a 0 em Caxias do Sul e só precisa de um empate para garantir o hexa do Campeonato Gaúcho.

Leia mais

Guerra Civil nas bilheterias

O filme Capitão América: Guerra Civil estreou neste fim de semana e arrecadou US$ 200,2 milhões em bilheterias pelo mundo, sem contar os Estados Unidos. No Brasil, o longa bateu recorde e movimentou US$ 12,3 milhões, superando Batman vs Superman: A Origem da Justiça, que estreou com US$ 10,6 milhões arrecadados em março.

As informações são da revista Variety, publicação especializada em cinema.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos