PUBLICIDADE
Topo

Giro UOL traz os destaques da manhã desta terça, 31/05, para você; ouça

Thomaz Molina

Do UOL, em São Paulo

31/05/2016 07h46

Correções ou má-fé?

Relatório da Polícia Federal aponta que a Vale adulterou dados sobre o volume de lama que a empresa jogava na barragem do Fundão, em Mariana (MG), que ruiu em novembro do ano passado e deixou 19 mortos.

De acordo com o documento, a Vale, uma das donas da Samarco, mineradora responsável pela barragem, mudou os relatórios para confundir as investigações. A empresa alterou informações sobre o teor de concentração de minérios que produzia em Mariana. Com isso, o volume de lama lançado na barragem ficou menor do que o informado inicialmente.

Leia mais

 

CNJ vê crime em gravação 

Mesmo depois de sair do Ministério da Transparência, Fabiano Silveira pode continuar levando dor de cabeça a Michel Temer. O Conselho Nacional de Justiça abre hoje investigação prévia para apurar se ele usou o cargo de conselheiro do órgão para favorecer interesses privados.

A corregedora Nancy Andrighi viu indício de crime nas conversas em que ele orienta Renan Calheiros sobre a Lava Jato. Ao fim dessa fase, ela deve pedir ao plenário que abra um processo contra Silveira.

Leia mais

 

Parecer contra Cunha 

O deputado Marcos Rogério (DEM-RO) apresenta hoje no Conselho de Ética da Câmara o parecer do processo contra o presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O documento vai deixar de fora as suspeitas de que o peemedebista teria recebido propina ligada ao esquema de corrupção na Petrobras investigado pela operação Lava Jato. De acordo com Marcos Rogério, ele vai limitar o voto à acusação de que Cunha mentiu sobre a existência de contas bancárias no exterior.

Leia mais

 

Delação da Odebrecht 

A Odebrecht e o Ministério Público Federal assinaram documento que formaliza a negociação de delação premiada da empreiteira na operação Lava Jato.

As conversas já vinham ocorrendo há alguns meses, mas a partir de agora são oficiais. As informações são da colunista Mônica Bergamo.

Leia mais

 

‘Estupefato’ 

O ex-ministro da Advocacia-Geral da União José Eduardo Cardozo deve entrar hoje com denúncia contra o sucessor, Fábio Osório, na Comissão de Ética da Presidência da República.

O petista se diz ‘estupefato’ com a iniciativa de Osório de abrir sindicância contra ele por ter classificado o impeachment de ‘golpe’ ao defender Dilma Rousseff no processo.

Leia mais

 

Afastado de investigação 

Em uma conversa num grupo de WhatsApp composto por cinco delegados, o titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, Alessandro Thiers, desqualificou os depoimentos da adolescente de 16 anos vítima de estupro no morro da Barão, no Rio de Janeiro.

Thiers era o responsável pela investigação do caso até ser afastado neste domingo (29), depois que a então advogada da vítima, Eloísa Samy, o acusou de constranger a adolescente durante o depoimento. A jovem de 16 anos vai ser incluída no programa federal de proteção à testemunha.

Leia mais

 

Processo reaberto 

A Polônia vai reabrir o processo de extradição aos Estados Unidos do cineasta franco-polonês Roman Polanski, acusado de ter estuprado uma menor de idade em 1977.

O anúncio foi feito hoje pelo ministro da Justiça do país, o conservador Zbigniew Ziobro.

Leia mais

 

Revanche 

Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers vão reeditar a final da NBA da última temporada. Os Warriors venceram na noite de ontem o Oklahoma City Thunder por 96 a 88, fecharam a série em 4 a 3 e conquistaram a conferência oeste do campeonato.

O Cleveland, que já havia assegurado o título no leste, vai tentar a revanche contra os atuais campeões em uma série de sete jogos. Por ter feito melhor campanha na temporada, os Warriors vão poder jogar até quatro partidas em casa.

Leia mais