Giro UOL traz os destaques da manhã desta quarta, 01/06, para você; ouça

Thomaz Molina

Do UOL, em São Paulo

Delação travada 

As negociações do acordo de delação de Léo Pinheiro, ex-presidente e sócio da OAS condenado a 16 anos de prisão, travaram por causa do modo como o empreiteiro narrou dois episódios envolvendo o ex-presidente Lula.

De acordo com o empresário, as obras que a OAS fez no apartamento tríplex do Guarujá (SP) e no sítio de Atibaia (SP) foram uma forma de a empresa agradar a Lula, e não contrapartidas a algum benefício que o grupo tenha recebido. Essa versão é considerada pouco crível por procuradores. Na visão dos investigadores, Pinheiro busca preservar Lula com a narrativa.

Leia mais

 

O julgamento de Cunha 

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados realiza hoje sessão para a leitura, discussão e votação do parecer de Marcos Rogério (DEM-RO), relator do processo de Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O deputado deve pedir a cassação do mandato do presidente afastado da Câmara. Caso seja aprovado, o processo vai a votação no plenário.

Leia mais

 

Aumento salarial nos três Poderes 

Na contramão da necessidade de ajuste fiscal para o equilíbrio das contas públicas, o Congresso deve votar até o começo de agosto um pacote de reajustes salariais generalizados para quase todas as categorias de servidores do Executivo, do Legislativo e do Judiciário.

Os aumentos previstos ficarão entre 10,7% e 55% e vão variar de acordo com a categoria e do período em que estão sem reposição dos ganhos. Deputados já avisaram que se comprometem a aprovar em caráter de urgência a votação dos projetos, mas ninguém admite que vai votar a favor dos reajustes em razão do impacto fiscal que eles representam.

Leia mais

 

Secretária polêmica 

Futura secretária nacional de políticas para as mulheres, a ex-deputada federal Fátima Pelaes (PMDB-AP), já se posicionou contra o aborto em casos de estupro durante as discussões sobre o projeto do Estatuto do Nascituro, em 2010, durante o mandato na Câmara dos Deputados.

Pelaes, que é presidente do PMDB Mulher, foi escolhida para o cargo na última semana, em meio a críticas pela falta de mulheres no primeiro escalão da equipe do governo do presidente interino, Michel Temer.

Leia mais

 

Penas mais pesadas 

O Senado aprovou ontem, por unanimidade, o endurecimento da pena para condenados por estupro coletivo, previsto no projeto de lei 618/2015, da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

A partir de agora, se o estupro de homens e mulheres for coletivo, a pena será aumentada em um quarto, o que eleva a punição máxima para 12 anos e meio de prisão. Antes, era de 6 a 10 anos de prisão.

Leia mais

 

Mega-Sena 

A Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 6 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso que vai ser realizado hoje.

As apostas podem ser feitas até as 19h em qualquer casa lotérica. Um jogo simples, com apenas seis dezenas, custa R$ 3,50. 

Leia mais

 

Brasileirão 

Sete jogos abrem hoje a quinta rodada do Brasileirão. Às 19h30, o Internacional recebe o Atlético-PR. Às 21h, são realizados os clássicos Corinthians e Santos e Santa Cruz e Sport, além de Coritiba e Chapecoense. Figueirense e São Paulo, Atlético-MG e Fluminense e Botafogo e Cruzeiro duelam a partir das 21h45.

Você acompanhar todas as partidas ao vivo pelo aplicativo Placar UOL ou pelo site uol.com.br.

Leia mais

 

Metallica no estúdio 

Lars Ulrich, baterista do Metallica, disse em entrevista que o novo álbum da banda deve ficar pronto até setembro.

Ainda de acordo com o músico, o disco só deve ser lançado em 2017. O Metallica não lança um álbum desde Death Magnetic, de 2008.

Leia mais

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos