Giro UOL traz os destaques da manhã desta terça, 19/07, para você; ouça

Aline Rocha

Do UOL, em São Paulo

Rio-2016 reprovada

Faltando duas semanas para a abertura da Olímpiada, em 5 de agosto, 50% dos brasileiros são contra a realização dos Jogos no Rio, de acordo com o Datafolha. A pesquisa aponta que o percentual de reprovação dobrou desde o último levantamento, feito em junho de 2013, quando 25% dos brasileiros eram contrários aos jogos na capital carioca.

O Datafolha apontou também que 63% acreditam que o evento vai trazer mais prejuízos do que benefícios para os brasileiros. Em 2013, eram 38%.

Leia mais

 

Contas públicas

O governo Temer deve fechar nesta semana medidas de "melhoria do ambiente de negócios", como a liberação de venda de terras a estrangeiros e de dívidas ativas da União no mercado, que podem evitar ou reduzir um novo corte de gastos do Orçamento.

Até sexta-feira, a equipe econômica vai divulgar um relatório que pode determinar a necessidade de novo corte de gastos para evitar que não seja cumprida a meta de fechar o ano com deficit de R$ 170,5 bilhões.

Leia mais

 

Tente outra vez

A equipe da Lava Jato adotou linha dura com os diretores da Odebrecht, um dos principais alvos da operação. As propostas de delação premiada de vários diretores da empresa foram recusadas.

Os investigadores reclamam que os documentos entregues são superficiais, e mandam o recado de que quem não entregar o "ouro", não vai levar o benefício.

Leia mais

 

Destino de Cunha

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que votaria a favor da cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) se pudesse. A declaração foi feita ontem durante entrevista no programa Roda Viva, da TV Cultura.

Por ser presidente da Câmara, Maia não vai votar, seguindo o regimento interno da Casa. Ele também disse que a votação sobre a cassação de Cunha vai ser em agosto, mas se recusou a dar uma data.

Leia mais

 

Devolva

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, determinou que as conversas grampeadas de Lula com políticos devem ser separadas e enviadas ao ministro Teori Zavascki. Teori é o relator da Lava Jato no Supremo e vai analisar a legalidade da investigação depois do recesso na Corte.

A decisão foi motivada por um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente. Todo o processo de Lula está sendo conduzido pelo juiz federal Sérgio Moro.

Leia mais

 

Médicos cubanos substituídos

Os profissionais cubanos do Mais Médicos que chegaram ao país em 2013 vão ser mantidos por mais quatro meses por causa das eleições municipais. Em seguida, devem ser substituídos. A estimativa é que 2.400 médicos ocupem essas vagas.

A decisão, que contraria as tentativas do governo de mantê-los por mais três anos no Brasil, foi definida depois de uma reunião entre o Ministério da Saúde, o governo de Cuba e a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde).

Leia mais

 

Segurança máxima

O presidente da França, François Hollande, vai ter o esquema de segurança mais rigoroso entre os chefes de Estado na Rio-2016. Os recentes ataques terroristas no país fizeram com que o presidente francês tenha o grau cinco de proteção da Polícia Federal, o maior da escala de atenção.

Hollande vai ser o único a ter este tratamento, já que Barack Obama, presidente dos EUA, não vem ao Brasil.

Leia mais

 

Maior da história

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) divulgou ontem que o país vai ter a maior delegação do país na história dos Jogos Olímpicos. Ao todo são 462 atletas que vão representar as cores do país na Rio-2016. O número é quase o dobro do antigo recorde de 277 esportistas de 2008, em Pequim.

A delegação vai ter 253 homens e 209 mulheres. Com 67 representantes, o atletismo é o esporte com o maior número de esportistas inscritos.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos