Giro UOL traz os destaques da manhã desta sexta, 22/07, para você; ouça

Thomaz Molina

Do UOL, em São Paulo

Pacote de bondades 

O governo interino de Michel Temer prepara uma espécie de 'pacote de bondades' para o Congresso Nacional. O objetivo é aprovar propostas econômicas de interesse da administração federal e sacramentar o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

A intenção do Planalto é evitar que queixas e reclamações da base aliada por cargos e recursos, feitas no início do governo Temer, gerem impactos na pauta legislativa para o segundo semestre. A medida é considerada essencial na tentativa do presidente interino de ganhar legitimidade para continuar no cargo.

Leia mais

 

Mais Médicos é provisório 

Ricardo Barros, o ministro da Saúde, afirmou que o programa Mais Médicos é provisório, já que a organização dos serviços de saúde, como a contratação de médicos, é responsabilidade dos municípios, e não ao governo federal.

A afirmação contraria a posição de ministros anteriores da gestão Dilma, para os quais o programa, inicialmente temporário, veio para ficar e poderia continuar até depois de 2026, quando terminam as metas para a formação de novos médicos.

Leia mais

 

Saia justa 

A atuação do governo federal na segurança dos Jogos Olímpicos tem causado uma saia-justa com o Comitê Organizador da Rio-2016.

Há uma preocupação de que ações ostensivas podem ter impactado de forma negativa na imagem da Olimpíada e assim ter afastado o público. A crítica ocorre até dentro de setores do próprio governo, que avaliam que a Defesa exagera ao tratar os Jogos como uma guerra, e não um evento festivo.

Leia mais

 

Caixa dois confesso 

O publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, admitiram que receberam dinheiro de caixa dois para a campanha eleitoral de 2010 de Dilma Rousseff. O casal confessou ao juiz Sergio Moro o recebimento de US$ 4,5 milhões.

Mônica disse que não admitiu ter recebido o dinheiro antes para não 'incriminar' a presidente afastada durante o processo de impeachment.

Leia mais

 

Mais um desmembramento da Lava Jato 

O ex-vereador petista de Americana (SP) Alexandre Romano, o Chambinho, principal delator de uma das operações decorrentes da Lava Jato, disse em depoimento que dinheiro desviado do Ministério do Planejamento foi usado para pagar dívidas de campanha do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira.

A delação integra as investigações da operação Custo Brasil, deflagrada em junho.

Leia mais

 

Trump pela lei e ordem 

Com promessas de restaurar 'a lei e a ordem' e ataques a Hillary Clinton, o bilionário Donald Trump aceitou formalmente a indicação do Partido Republicano para a disputa da presidência dos Estados Unidos.

Trump também prometeu interromper a imigração de países que tenham vínculos com terrorismo e renovou a promessa de construir um grande muro na fronteira com o México.

Leia mais

 

Brasil monitora Turquia 

O Itamaraty vai endurecer o discurso contra o governo turco caso o presidente Tayyip Erdogan mantenha o que o governo chama de a 'escalada autoritária' no país.

O Brasil, que já havia manifestado preocupação com relatos de cerceamento de liberdades individuais, acionou diplomatas para avaliar, até a semana que vem, a real situação na capital Ancara.

Leia mais

 

Convite confirmado 

O São Paulo confirmou que o treinador do clube, Edgardo Bauza, foi convidado pela Associação de Futebol Argentino para uma reunião em Buenos Aires. A AFA quer conversar com dois candidatos ao cargo de técnico da seleção argentina até domingo.

O São Paulo informa que Bauza vai seguir normalmente a programação prevista pelo clube no fim de semana.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos