Giro UOL traz os destaques da manhã desta terça, 26/07, para você; ouça

Thomaz Molina

Do UOL, em São Paulo

Governo de MG sabia 

O governo de Minas Gerais vistoriou e recebeu informações sobre as obras apontadas como responsáveis pela ruptura da barragem da Samarco em Mariana (MG), apesar de afirmar em inquérito não ter recebido qualquer dado sobre alterações no local.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a Secretaria do Meio Ambiente fiscalizou as intervenções no reservatório alvo da tragédia pelo menos uma vez por ano de 2013 a 2015, nos mandatos de Antonio Anastasia (PSDB), Alberto Pinto Coelho Jr.(PP) e Fernando Pimentel (PT).

Leia mais

 

Perdão investigado 

O Ministério Público do Estado de São Paulo vai investigar o acordo pelo qual o governo de Geraldo Alckmin perdoou dívidas de pelo menos R$ 116 milhões da multinacional francesa Alstom por um contrato para fornecimento de um sistema de controle de trens para o Metrô.

O governo do Estado também aceitou que a Alstom entregue o sistema até 2021, com dez anos de atraso. A Alstom é alvo de uma série de processos e investigações pela suposta participação em esquemas de pagamento de propina para obtenção de vantagens em contratos.

Leia mais

 

Atraso na Olimpíada

Um dia depois da abertura da vila para os atletas, o Comitê Rio-2016 informou que ainda faltam 15 prédios para serem finalizados, do ponto de vista de acabamentos e limpeza. O complexo construído para os Jogos tem 31 torres.

De acordo com o diretor executivo de operações da entidade, Rodrigo Tostes, cinco prédios serão entregues ainda hoje, incluindo o que abrigará a Austrália. Os outros dez ficarão prontos até quinta (28).

Leia mais

 

Construtoras ameaçam rebelião 

A tensão interna na OAS e na Odebrecht aumenta na proporção em que se aproxima a possibilidade de acordo de delação premiada com a operação Lava Jato.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, executivos que precisam assumir práticas irregulares têm mostrado desconforto com a orientação das empresas. Alguns ameaçam até se rebelar.

Leia mais

 

Novas denúncias de empreiteiro 

O empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, afirmou aos procuradores da operação Lava Jato que o ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho pediu a ele que procurasse o então tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff à reeleição, Edinho Silva, para fazer doações.

Coutinho, por meio da assessoria de imprensa, disse que nunca se envolveu em questões ligadas a doações eleitorais.

Leia mais

 

Gastos de campanha

Palmas, Vitória e Cuiabá são as capitais que lideram o ranking de gasto eleitoral per capita entre as capitais. Apesar de terem um limite de custos de campanha que chega a no máximo 20% daquele estabelecido para São Paulo, cidade com o maior teto de gastos eleitorais, essas são as capitais onde os candidatos estão autorizados a gastar mais por eleitor nas eleições municipais de outubro.

O número foi obtido a partir da divisão do total do custo de campanha autorizado pela Justiça Eleitoral pelo número de eleitores aptos a votar no município. Em Palmas, será possível gastar até R$ 45,06 por eleitor. Em Vitória, R$ 27,74; e em Cuiabá, R$ 21,69.

Leia mais

 

Convenção democrata 

A candidatura da democrata Hillary Clinton à Casa Branca deve ser oficializada hoje na convenção nacional do partido.

Ontem, a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, afirmou que é natural uma mulher ser presidente do país. Já Bernie Sanders, derrotado nas prévias, atacou o republicano Donald Trump e disse que Hillary vai ser uma presidente extraordinária.

Leia mais

 

Flamengo perto do G4 

No encerramento da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo venceu o América-MG por 2 a 1, gols de Guerrero e Alan Patrick.

Com o resultado, o rubro-negro carioca chegou aos 27 pontos e subiu para a sexta colocação na tabela, a apenas dois pontos do Santos, o quarto colocado.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos