Giro UOL traz os destaques da noite desta quinta, 20/10, para você; ouça

Do UOL, em São Paulo

Impeachment mantido

O ministro do STF Teori Zavascki negou o pedido da ex-presidente Dilma Rousseff para anular o processo de impeachment que cassou o mandato dela. Foi o mais recente movimento da defesa da petista no Supremo para tentar suspender os efeitos da votação no Senado, realizada no dia 31 de agosto.

Teori, que é relator do caso, argumentou que o tribunal não pode interferir em uma decisão política do Legislativo, a menos que o resultado representasse uma ameaça às instituições brasileiras.

Leia mais


Tem mais do que diz

A força-tarefa da Lava Jato aponta que Eduardo Cunha pode ter um patrimônio até 53 vezes maior do que o declarado, além de contas ainda não descobertas nos Estados Unidos.

As suspeitas aumentaram com informações enviadas pelo Ministério Público da Suíça, que identificou novas contas em nome do ex-deputado e da mulher dele no país.

Leia mais


Responsáveis por tragédia

O Ministério Público Federal denunciou 21 pessoas da empresa Samarco e das controladoras, Vale e BHP Billiton, pela tragédia de Mariana (MG), no ano passado. Elas são acusadas de homicídio com dolo eventual (quando se assume o risco de matar) por causa do rompimento da barragem de Fundão, que deixou 19 mortos.

A Procuradoria também denunciou um engenheiro da consultoria VogBR e a empresa sob a suspeita de apresentarem laudo falso. Em nota, a Vale repudiou a decisão do Ministério Público.

Leia mais


Acenda o farol!

A Justiça liberou a aplicação de multas a motoristas que dirigirem com os faróis desligados durante o dia em rodovias.

A decisão determina que a fiscalização só pode ser feita nos trechos em que haja sinalização. A multa era de R$ 83,15, uma infração média, com perda de quatro pontos na CNH do condutor.

Leia mais


Proibiu, só que não

A Justiça de São Paulo proibiu a Polícia Militar de usar armas de fogo, balas de borracha e gás lacrimogêneo em manifestações no Estado.

Só que a decisão abre uma brecha ao dizer que o uso de armas letais e não letais é liberado em ocasiões "excepcionais", em que a manifestação perder o caráter pacífico.

Leia mais


Mercado financeiro

A Bolsa fechou em alta de 0,52%, com 63.837,85 pontos. É o maior valor de fechamento desde 3 de abril de 2012. O resultado foi puxado, principalmente, pelo desempenho positivo das ações da Vale, que subiram mais de 4%, além da valorização dos papéis dos bancos Bradesco, Itaú e Banco do Brasil.

O dólar emendou a terceira queda seguida. A moeda caiu 0,95%, cotada em R$ 3,139. É o menor valor de fechamento desde 10 de agosto.

Leia mais

 

Perspectiva ruim

O IBC-Br, considerado uma prévia informal do PIB, caiu 0,91% em agosto na comparação com o mês anterior. Foi o pior resultado mensal desde maio de 2015, quando o indicador caiu 1,02%.

No acumulado de 12 meses, a atividade econômica encolheu 5,48%. Os dados são do BC.

Leia mais


De volta aos 60 pontos

O STJD arquivou o pedido do Fluminense para anular o clássico com o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro. O tribunal considerou que o pedido não tem fundamentação para levar o caso ao plenário.

Com esse resultado, o Flamengo recupera os três pontos conquistados na vitória por 2 a 1, ficando com quatro a menos que o líder Palmeiras.

Leia mais


Um degrau acima

A seleção brasileira subiu no ranking da Fifa. Na nova classificação divulgada pela entidade, a equipe comandada por Tite aparece agora na terceira posição, atrás da líder Argentina e da Alemanha.

Na última relação, em setembro, o Brasil estava em quarto lugar. As vitórias sobre Bolívia e Venezuela pelas eliminatórias da Copa do Mundo ajudaram a seleção a subir alguns degraus no ranking.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos