Giro UOL traz os destaques da noite desta segunda, 14/11, para você; ouça

Do UOL, em São Paulo

Fim do silêncio

O ex-senador Delcidio do Amaral, um dos delatores da Lava Jato, quebrou o silêncio de meses e disse que o ex-presidente Lula acompanhava de perto tudo o que acontecia na Petrobras durante o governo dele.

Em nota, a defesa de Lula afirma que Delcidio está mentindo e que vai processar o antigo aliado. O ex-senador já é alvo de ação acusado de ter mentido ao dizer que Lula tentou impedir a delação do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Leia mais


Superfaturamento em larga escala

A Petrobras estima que o grupo Odebrecht desviou dos cofres da empresa pelo menos R$ 7 bilhões. A estimativa foi feita a partir de auditorias internas da estatal.

O valor leva em conta não só obras de engenharia, mas um esquema de superfaturamento que engloba também fornecimento de equipamentos e prestações de serviços.

Leia mais


Bolsonaro 2018?

O deputado Jair Bolsonaro está mesmo empenhado em concorrer à Presidência em 2018. Ele rompeu com o PSC e já negocia filiação a outros partidos. O parlamentar está de olho no PR, no PRB (do prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella), e até no DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ).

Já os partidos estão de olho no potencial de votos do deputado para conseguirem cumprir a cláusula de desempenho que um partido deve ter para poder existir, se o projeto for aprovado no Congresso.

Leia mais


Voltou a subir

A Bolsa fechou em alta de 0,8%, com 59.657,46 pontos, depois de três quedas seguidas. A alta de hoje foi influenciada, principalmente, pelo desempenho positivo das ações da Vale, que subiram mais de 4%, do Bradesco e do Banco do Brasil. As metalúrgicas e siderúrgicas também tiveram bom desempenho. A Gerdau disparou mais de 10%, e a Usiminas subiu acima de 7%.
O dólar subiu 1,43%, cotado em R$ 3,441. É o quarto avanço seguido da moeda e o maior valor de fechamento desde 16 de junho.

Leia mais


Projeções do mercado

Economistas consultados pelo Banco Central estimam que a taxa básica de juros deve cair 0,25 ponto percentual na última reunião do Copom deste ano, marcada para o fim de novembro. Com isso, a Selic passaria para 13,75% ao ano.

Já a estimativa para a inflação recuou de 6,88% para 6,84%. Mesmo assim, permanece acima do teto de 6,5% da meta de inflação e mais acima ainda do centro da meta, de 4,5%. Para o PIB de 2016, o mercado financeiro prevê um encolhimento de 3,37%.

Leia mais


Alguém abana aqui?

Este deve ser o ano mais quente já registrado até agora. A temperatura deve ficar, em média, 1,2ºC mais elevada em relação ao nível da era pré-industrial. O anúncio foi feito pela Organização Meteorológica Mundial.

A tendência de aquecimento entre 2015 e 2016 aumentou por causa do fenômeno El Niño, no Pacífico. A cada cinco anos aproximadamente, o El Niño provoca um aumento das temperaturas, por meio de correntes de ar quente.

Leia mais


Trump ajudando jihadistas?

Do Afeganistão à Argélia, a vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos deve ser usada como uma ferramenta de propaganda por grupos extremistas.

Comandantes do Taleban e apoiadores do Estado Islâmico dizem que a retórica de campanha de Trump contra muçulmanos, chegando até a pedir uma proibição total à entrada deles nos EUA, vai ajudar no recrutamento, especialmente junto aos jovens desiludidos do Ocidente.

Leia mais


Salário simbólico

E falando em Trump, o presidente eleito dos EUA disse em uma entrevista ao canal CBS que não quer os US$ 400 mil que receberia por ano na Casa Branca. Abrir mão do salário foi uma das promessas de campanha de Trump.

O empresário disse que vai ganhar só US$ 1, valor simbólico e também necessário para cumprir a lei, que diz que o presidente precisa ser pago para exercer o cargo.

Leia mais


Suspenso das quadras

O Brasil foi suspenso de qualquer competição internacional de basquete organizada pela Fiba (Federação Internacional de Basquete) pelo menos até o dia 28 de janeiro de 2017. A entidade anunciou a suspensão alegando que a CBB (Confederação Brasileira de Basquete) precisa de uma reestruturação".

Em setembro, um interventor internacional, o espanhol Jose Luiz Saez, já tinha sido nomeado para tentar controlar a gestão da CBB, que devia mais de R$ 17 milhões no fim de 2015.

Leia mais


Pode ser a última?

O Aerosmith anunciou aquela que pode ser a última turnê da banda. A provável despedida vai começar na Europa em maio do ano que vem e vai até o começo de julho.

Para 2017 o Aerosmith também já anunciou show no Brasil. A banda americana vai ser uma das atrações do festival Rock in Rio.
 
Leia mais


Celebração para Bowie

0 70º aniversário de David Bowie, morto no começo de 2016 aos 69 anos, vai ser celebrado no ano que vem com diversos shows beneficentes feitos por amigos e artistas próximos ao cantor.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, os shows vão ocorrer no dia do aniversário de dele, em 8 de janeiro, em diversos locais do mundo que mantêm uma forte ligação com o músico. Em Londres, por exemplo, o evento vai ser em Brixton, onde Bowie nasceu.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos