Giro UOL traz os destaques da noite desta quarta, 14/12, para você; ouça

Do UOL, em São Paulo

Renan e o abuso

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que vai "trabalhar" para que a lei de abuso de autoridade seja aprovada até o final desta semana, quando termina o ano legislativo.

Renan, que vive uma guerra com o Judiciário e com o Ministério Público, disse não ter medo de que a tentativa de votar seja interpretada como uma vingança. Ontem o senador colocou em votação um projeto que regulamenta o pagamento de salários acima do teto constitucional, os chamados supersalários, o que foi visto como um ataque ao Judiciário.

Leia mais


Pediu para sair

O advogado José Yunes, assessor do presidente Michel Temer, pediu demissão depois de ter sido citado pelo ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho em delação premiada da Lava Jato.

O delator disse que Yunes recebeu parte do repasse de R$ 10 milhões feito pela empreiteira ao PMDB, a pedido do próprio Temer, que na época era vice-presidente. A demissão aconteceu depois que Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtora, confirmou a versão de Melo Filho sobre o pagamento da propina.

Leia mais


O governo contra-ataca

O Planalto e aliados decidiram enfrentar o Ministério Público Federal e tentar blindar o governo Temer contra as delações de executivos da Odebrecht na Lava Jato. A orientação é dizer que os procuradores jogam contra a recuperação do país.

Outra estratégia é entrar com pedido para anular a delação premiada de Cláudio Melo Filho, ex-executivo da empreiteira. A anulação foi sugerida por Temer em carta ao procurador-geral, Rodrigo Janot. Para investigadores, é só o primeiro passo no sentido de barrar a Lava Jato.

Leia mais


Cabral indiciado

A Polícia Federal indiciou o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) na operação Lava Jato. Ele é acusado de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Cabral está preso em Curitiba e é investigado por irregularidades na contratação de diversas obras conduzidas no governo dele.

Uma investigação aponta que o ex-governador teria recebido cerca de R$ 2,7 milhões como pagamento de propina da empreiteira Andrade Gutierrez, entre 2007 e 2011, referente às obras do Comperj, o Complexo Petroquímico da Petrobras no Rio.

Leia mais
 

'Efeito FED'

A Bolsa fechou em queda de 1,8%, com 58.212,12 pontos. Esse é o menor nível de fechamento desde 26 de setembro. A baixa da Bovespa se intensificou no fim da tarde, depois que o FED (Federal Reserve, o banco central dos EUA) elevou a taxa de juros no país. Com isso, as ações da Petrobras, da mineradora Vale e dos bancos foram puxadas para baixo. Só os papéis da Petrobras caíram 4,6%.

O dólar subiu 0,22%, cotado em R$ 3,333, depois de sete quedas seguidas.

Leia mais


Serviços encolhidos

O setor de serviços no país encolheu em outubro pelo 19º mês seguido. As empresas da área faturaram 7,6% a menos em relação ao mesmo mês do ano anterior. A queda foi a pior para o mês de outubro desde 2012.

Com esses resultados, a queda acumulada em 2016 chegou a 5%. Em 12 meses, a queda é de 5,1%. Os dados são do IBGE.

Leia mais
 

Mulheres 'laranjas'

O Tribunal Superior Eleitoral apura o possível uso de "laranjas" para cumprir a cota mínima de candidaturas femininas. A lei eleitoral obriga desde 2009 que os partidos tenham 30% das vagas ocupadas por mulheres.

Para o ministro Henrique Neves, o número elevado de mulheres que não receberam nenhum voto nas eleições municipais pode significar que partidos tenham usado candidatos falsos para apenas preencher a cota obrigatória.

Leia mais


De volta a Chapecó

O jogador Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel finalmente estão no Brasil. Os sobreviventes do acidente com o avião da Chapecoense chegaram a Chapecó, 15 dias depois da tragédia na Colômbia.

Agora, só o zagueiro Neto continua internado em um hospital colombiano. Ele já respira sem a ajuda de aparelhos e deve voltar ao Brasil até o fim da semana.

Leia mais


Em busca do topo do mundo

O Kashima Antlers surpreendeu o Atlético Nacional e venceu a primeira semifinal do Mundial de Clubes. Os colombianos eram favoritos, mas perderam por 3 a 0.

Com a vitória, os japoneses vão disputar a final com o vencedor do jogo entre Real Madrid e América do México. A partida vai ser amanhã, às 8h30 no horário de Brasília.

Leia mais
 

O 'Netflix' da Amazon

A Amazon lançou um serviço de vídeo streaming para fazer concorrência com a Netflix. A plataforma passa a funcionar em 200 países, inclusive aqui no Brasil. O preço promocional de lançamento, válido por seis meses, é de R$ 10.

Entre os destaques, estão filmes e séries populares dos canais HBO Cinemax e Showtime.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos