Giro UOL traz os destaques da manhã desta quarta, 18/01, para você; ouça

Thomaz Molina

Do UOL, em São Paulo

Crise no sistema carcerário

O presidente Michel Temer cancelou a reunião que faria hoje com todos os governadores do país para tratar da adesão ao Plano Nacional de Segurança.

A ideia agora é que Temer faça encontros regionais para discutir a participação das Forças Armadas em vistorias nos presídios estaduais, sendo o primeiro deles nesta quarta, com governadores da região Norte e do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Leia mais

 

Fim de semana mais violento no RN 

As 26 mortes no massacre dentro da penitenciária de Alcaçuz, no sábado (14), levaram o Rio Grande do Norte a ter o fim de semana mais violento da história. Os dados são do Observatório de Violência Letal Intencional, ligado à Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Entre sexta-feira (13) e domingo (15), foram 43 mortes violentas registradas no Estado. Dessas, 26 no presídio e 17 fora dele.

Leia mais

 

Delação da Odebrecht

A delação premiada da Odebrecht vai avançar durante o recesso do Supremo Tribunal Federal, que termina no fim de janeiro. Está previsto para esta sexta-feira (20) o início das audiências dos 77 delatores para confirmar que concordaram em colaborar com a Lava Jato.

Todos vão participar desta etapa, incluindo o ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, preso desde junho de 2015 em Curitiba, e o pai, Emílio, presidente do conselho administrativo.

Leia mais

 

Lava Jato no Reino Unido 

Documento divulgado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos aponta que a Rolls-Royce repassou US$ 9,3 milhões a lobistas no Brasil. Os lobistas pagaram US$ 1,6 milhão em propinas entre 2003 e 2013 para um funcionário da Petrobras.

A Rolls-Royce, uma das maiores empresas do Reino Unido, fez um acordo com procuradores da operação Lava Jato pelo qual vai pagar uma indenização de R$ 81,2 milhões para encerrar as investigações contra ela.

Leia mais

 

Mercado imobiliário 

Depois de 16 meses em queda, a venda de imóveis novos subiu 10,1% em novembro, na comparação com o mesmo mês de 2015. Os dados são da Abrainc, que reúne grandes incorporadoras, e da Fipe.

O resultado ainda é negativo no acumulado de 2016: até novembro, foram 93,3 mil unidades comercializadas no país, 8,8% a menos em relação ao mesmo período de 2015.

Leia mais

 

Recuperação longínqua

A economia brasileira vai ter o pior desempenho entre os países do G-20. Relatório da ONU indica que o pior da crise já passou, mas com uma baixa taxa de expansão no Brasil, a recuperação total vai ficar para a próxima década.

A projeção das Nações Unidas é de que o PIB brasileiro tenha uma expansão de apenas 0,6% em 2017. A taxa é a mais baixa entre todas as economias do G-20. No mundo, apenas a Síria, Venezuela, Guiné Equatorial, Equador e Trinidad e Tobago vão ter um desempenho mais fraco. Para 2018, a previsão é de uma expansão de 1,6%.

Leia mais

 

Está com sorte? 

Sem acertadores desde o início do ano, a Mega-Sena chega ao quinto sorteio de 2017 com uma premiação estimada em R$ 25 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso que vai ser realizado hoje.

As apostas podem ser feitas até as 19h, horário de Brasília, em qualquer casa lotérica. Um jogo simples, com apenas seis números, custa R$ 3,50.

Leia mais

 

Federer avança na Austrália

O suíço Roger Federer teve dificuldades, mas avançou para a terceira rodada do Aberto da Austrália. Ele precisou de mais de duas horas para vencer o norte-americano Noah Rubin, de apenas 20 anos, por 3 sets a 0, parciais de 7-5, 6-3 e 7-6 (7-3).

O próximo adversário de Federer vai ser o tcheco Tomas Berdych, décimo cabeça de chave em Melbourne. No retrospecto, o suíço leva ampla vantagem, com 16 vitórias e apenas seis derrotas.

Leia mais 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos