PUBLICIDADE
Topo

Giro UOL traz os destaques da noite desta segunda, 30/01, para você; ouça

Bruno Soares

Do UOL, em São Paulo

30/01/2017 20h06

Veja abaixo as notícias que o UOL selecionou para você na noite desta segunda-feira, com destaque para a prisão de Eike Batista, a homologação das delações da Odebrecht pela presidente do STF, Cármen Lúcia, e as críticas da ONU sobre as medidas contra os imigrantes nos EUA.

O que foi notícia no Brasil e no mundo

  • Fábio Motta/Estadão Conteúdo

    Eike em Bangu

    O empresário Eike Batista foi transferido hoje para o Complexo Penitenciário em Gericinó, em Bangu. Ele foi detido na manhã de hoje ao desembarcar no Rio de Janeiro, vindo de Nova York. Eike teve a prisão decretada na última quinta-feira na operação Eficiência, desdobramento da Lava Jato. O empresário é acusado de pagar US$ 16,5 milhões ao ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

  • Andressa Anholete/AFP

    Delações "explosivas"

    A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, homologou hoje as 77 delações envolvendo a Odebrecht na Lava Jato. A ministra decidiu manter sigilo dos depoimentos prestados. A homologação é a última etapa para que o acordo seja validado juridicamente. A delação da empreiteira é considerada a mais ?explosiva? da Lava Jato até o momento.

  • Getty Images/iStockphoto

    Rombo nas contas públicas

    As contas do governo federal tiveram deficit primário de R$ 154,2 bilhões em 2016, segundo o Tesouro Nacional. Este é o pior resultado desde 1997. O número foi R$ 16,3 bilhões menor do que a meta aprovada pelo Congresso para o ano. 2016 foi o terceiro ano seguido de resultado negativo nas contas do governo federal.

  • Getty Images

    Mercado financeiro

    A Bovespa fechou em queda de 2,62%, com 64.301,73 pontos. Essa é a maior queda percentual diária desde 1º de dezembro. A baixa na sessão foi puxada pelo desempenho negativo das ações da Petrobras, que caíram mais de 5%, dos bancos e da Ambev. No mercado de câmbio, o dólar caiu 0,77%, cotado em R$ 3,128 na venda. Este é o menor valor da moeda americana desde 25 de outubro.

  • iStock/Topp_Yimgrimm

    Preços continuam a subir

    O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado para reajustar o aluguel, teve alta de 0,64% em janeiro. Os dados foram divulgados pela Fundação Getúlio Vargas. Um dos motivos para a alta foi o aumento dos preços no setor de habitação, que avançou 0,1% depois de um recuo de 0,62% no mês anterior. O índice foi pressionado principalmente pela tarifa de eletricidade residencial.

  • Getty Images

    Otimismo com a inflação

    Economistas consultados pelo Banco Central reduziram de 4,71% para 4,7% a previsão para a inflação no final de 2017 A projeção de 4,7% na alta dos preços deixaria a inflação dentro do limite máximo da meta do governo. O objetivo é manter o índice em 4,5% ao ano, com tolerância de 1,5 ponto para mais ou menos.

  • Divulgação

    Vagas no ensino superior

    O Ministério da Educação (MEC) divulgou o resultado da primeira chamada do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). São oferecidas 238.397 vagas de graduação em 131 instituições públicas de ensino federal e estadual. Quem for convocado nesta primeira chamada deve fazer a matrícula entre os dias 3 e 7 de fevereiro nas instituições que foram aprovados.

  • SAUL LOEB/AFP

    ONU critica Trump

    A ONU criticou a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de impedir que cidadãos de sete países de maioria muçulmana entrem no país. Para a organização, a medida de Trump é ?ilegal, mesquinha e desperdiça recursos para a luta contra o terrorismo?.

  • Mario Anzuoni/Reuters

    Susto nos fãs

    O ator Antonio Banderas deu um susto nos fãs. Ele precisou ser levado às pressas de ambulância ao hospital. As informações são do jornal britânico The Sun. O ator espanhol de 56 anos estava fazendo exercícios físicos quando sentiu fortes dores no peito. Depois de passar por uma bateria de exames e ficar em observação, os médicos concluíram que ele estava bem e poderia ir para casa.

  • Reprodução

    Pato na China

    O atacante Alexandre Pato é o novo reforço do Tianjin Quanjian, da China. O jogador acertou contrato de três anos com a equipe. O clube chinês pagou 18 milhões de euros ao Villareal, da Espanha, pelos direitos do atleta. O Corinthians vai ganhar cerca de R$ 6 milhões com a negociação, já que possuía 10% dos direitos econômicos do jogador.

  • Arte/UOL

    Receba o Giro UOL por e-mail

    Em duas edições diárias, um resumo das notícias mais importantes para começar e terminar o seu dia. É grátis! Envie um e-mail para uolnoticias@uolrelacionamento.com.br com a frase Quero receber o Giro UOL no campo Assunto/Subject e pronto!