PUBLICIDADE
Topo

Pesquisa mostra que 62% veem facções criminosas em seu bairro

Polícia investiga crime em condomínio de classe média alta - Reprodução/RBS TV
Polícia investiga crime em condomínio de classe média alta Imagem: Reprodução/RBS TV

Do UOL

21/06/2022 06h29Atualizada em 21/06/2022 06h29

Esta é a versão online para a edição desta terça-feira (21/6) da newsletter Pra Começar o Dia, o seu resumo com as principais notícias do dia. Para receber esta e outras newsletters diretamente no seu email, cadastre-se aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

Pesquisa feita pelo Instituto Ideia revela que 62% dos brasileiros relatam algum tipo de ação de facções criminosas em seus bairros. Outros dados destacados por Chico Alves: 53% não se sentem mais seguros que há um ano; 51% têm medo de violência policial; 58% não associam população armada a mais segurança.

******************
VIOLÊNCIA NA AMAZÔNIA

Em novo depoimento à Polícia Federal, Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como Pelado, voltou atrás em sua confissão e diz agora não ter participado dos assassinatos do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips.
..........................
"Eu ia ser o próximo... Se eu não saísse do país, seria morto", foi o que o ex-funcionário da Funai Ricardo Rao disse a Jamil Chade para explicar por que pediu asilo na Europa em novembro de 2019.
..........................
A FRASE

Ele [Bolsonaro] inaugurou a temporada de caça aos povos indígenas e hoje em dia ninguém mais pensa duas vezes para entrar em terras indígenas porque se sente protegido pelo governo federal.
Sydney Possuelo, ex-presidente da Funai, em entrevista ao UOL News.

******************
O INVERNO CHEGOU

Seis truques da ciência para se manter quente em casa.

******************
CORRIDA ELEITORAL

O ministro da Defesa, general Paulo Sergio, disse ao TSE que vai indicar técnicos militares para participar da fiscalização da eleição, seguindo resolução do próprio tribunal, que lista as Forças Armadas entre as cerca de 20 instituições que podem ter esse papel.
..........................
A nova versão das diretrizes para o programa de governo de Lula troca a revogação da reforma trabalhista pela reversão dos "marcos regressivos da atual legislação trabalhista". Também dá mais destaque à Amazônia e à atuação da Petrobras. O novo texto deve ser apresentado hoje.

******************
LEI DE COTAS

Como funcionam as cotas nas universidades públicas? Entenda.

******************
ANDANDO PARA TRÁS

Pioraram 9 das 20 metas do Plano Nacional de Educação (PNE).
..........................
A Justiça de Santa Catarina investigará a conduta da juíza Joana Ribeiro Zimmer, que negou o direito ao aborto a uma menina de 11 anos que engravidou após ser estuprada - caso que foi comparado a tortura por especialistas em direito.
..........................
Internação involuntária: como funciona a ação na Cracolândia?

******************
PETROBRAS

Caiu de vez o presidente da Petrobras. Demitido em maio, José Mauro Coelho vinha resistindo no cargo, esperando a efetivação do desligamento pela via burocrática, mas renunciou ao cargo ontem, depois de ser fortemente criticado por Bolsonaro e pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, por causa do mais recente aumento do preço do diesel.
..........................

Mesmo com a mudança na direção da empresa, Bolsonaro insiste na criação da CPI da Petrobras. José Paulo Kupfer vê como absurdas as investidas de Bolsonaro e de Lira contra a empresa por causa dos aumentos dos combustíveis e diz que uma forma mais direta e mais simples de enfrentar o problema é alterar a política de preços.

******************
NA NEWSLETTER UOL NAS ELEIÇÕES

Alberto Bombig comenta como a realidade - preços dos combustíveis, violência na Amazônia e fome, por exemplo - começa a golpear o mundo de fantasia de Bolsonaro, de um Brasil em que tudo funciona (e o que não funciona é culpa dos outros). Inscreva-se para receber o boletim toda segunda-feira.

******************
NA NEWSLETTER DA THAÍS OYAMA

Na edição desta semana a jornalista fala sobre uma pesquisa que mostrou os temas com mais impacto contra Bolsonaro e contra Lula (e que tendem a ser usados quando começar pra valer a campanha eleitoral). Clique aqui para se cadastrar e receber a newsletter toda segunda-feira.

******************

INVASÃO DA UCRÂNIA

brics - Alan Santos/PR - Alan Santos/PR
Da esquerda para a direita, os líderes de China, Rússia, Brasil, Índia e África do Sul em reunião dos Brics em 2019
Imagem: Alan Santos/PR

Jamil Chade conta que a cúpula dos Brics, que será realizada de forma virtual esta semana, terá críticas às sanções aplicadas contra a Rússia por EUA, países europeus e aliados ocidentais. Bolsonaro e Putin participam.
..........................
A Rússia intensificou os ataques a regiões do nordeste e do leste da Ucrânia, às vésperas da decisão da União Europeia sobre a candidatura ucraniana ao bloco.
..........................
O NÚMERO
US$ 103,5 milhões
Foi o valor arrecadado no leilão da medalha do Nobel da Paz de Dmitry Muratov; dinheiro vai para crianças ucranianas refugiadas.
..........................
Depois da onda de mortes de generais, o russo vítima do exército ucraniano foi um coronel. O helicóptero em que viajava foi abatido por um míssil.
..........................
O novo comandante militar do Reino Unido disse em carta endereçada a seus soldados que pretende "forjar um Exército capaz de derrotar a Rússia em combate". Uma das armas russas que seria preciso superar é o sistema de mísseis balísticos com poder nuclear e autonomia para cruzar continentes...
..........................
A FRASE

Não quero criar dificuldades.
O presidente dos EUA, Joe Biden, explicando por que não pretende ir à Ucrânia.

******************
PELO MUNDO

Boric, Maduro, López Obrador: como Gustavo Petro se compara a outros líderes da esquerda latino-americana. Para Ricardo Kotscho, a guinada à esquerda na região deixa Bolsonaro cada vez mais isolado.

******************
SEU BOLSO

Seguro de carro chega a dobrar de valor neste ano; por que subiu e como economizar?
..........................
Depositar o dinheiro na poupança é uma boa opção para fugir da inflação?

******************

MUNDO DA BOLA

Palmeiras - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Gustavo Gomez, jogador do Palmeiras, comemora seu gol durante partida contra o São Paulo
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

O Palmeiras esperou até os 44 minutos do segundo tempo para empatar e até os 51 para virar sobre o São Paulo: 2 a 1, no Morumbi. Para Alicia Klein, mostrou por que é o melhor do Brasil. Julio Gomes fala em uma "cachoeira de água gelada" em todos os times do Brasileirão.

..........................
No Flamengo, sai Bruno Henrique, afastado por um ano por cirurgia no joelho, entra Everton Cebolinha, contratado até 2026.
..........................
Mercado da Bola movimenta R$ 7 bilhões; conheça os dez clubes que mais faturaram (e os reforços mais caros).

******************
MUNDO DA MÚSICA

"Com 40 anos, não vou mais me calar", diz Simaria sobre polêmica com Simone.
..........................
O afastamento de Simaria não foi surpresa para os fãs: "Era nítido".

******************
OBJETO DO DESEJO

Pequeno e elétrico, mas não é um carrinho de brinquedo. É o mini-SUV que a Jeep deve lançar ainda neste ano (mas não no Brasil...).

******************

PEIXINHO

arraia - Chhut Chheana/Wonder of Mekong/ Handout via REUTERS - Chhut Chheana/Wonder of Mekong/ Handout via REUTERS
Recorde anterior de animal da espécie foi registrado na Tailândia em 2005
Imagem: Chhut Chheana/Wonder of Mekong/ Handout via REUTERS

Com 300 quilos e quatro metros de comprimento, uma arraia capturada no Camboja bateu o recorde de peixe de água doce mais pesado já pescado. Foi devolvida à água, com um rastreador instalado para acompanhar seus movimentos.

******************
PARA PENSAR

A inteligência artificial do Google ganhou vida própria? A resposta está no inconsciente.
Christian Dunker, comentando a tecnologia LaMDA.

******************
VIVABEM

Empresária conta como é viver sem olfato e paladar: "Meu corpo se adaptou".
..........................
Lúcia Helena escreve sobre novo uso do ultrassom, dentro do coração, quebrando placas que enrijecem artérias.