UOL Notícias Notícias
 

13/05/2003 - 09h32

EUA dão US$ 700 mi à Jordânia para compensar guerra no Iraque

Por Suleiman al-Khalidi

AMÃ (Reuters) - Os Estados Unidos deram na terça-feira 700 milhões de dólares à Jordânia, na maior injeção de dinheiro feita por um país ocidental nos últimos anos, para compensar as dificuldades econômicas causadas pela guerra no Iraque.

"Isso ressalta a força e a amplitude do relacionamento entre nossos dois países", disse o secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, a repórteres em Amã.

Powell acabara de assinar um documento transferindo os fundos para Bassem Awadallah, ministro jordaniano encarregado da ajuda estrangeira.

Os 700 milhões de dólares integram o pacote de ajuda de 1,1 bilhão de dólares para a Jordânia no pós-guerra, que envolvem 400 milhões de dólares em assistência militar.

A quantia soma-se ao que Washington dá anualmente à Jordânia -- 450 milhões de dólares. A Jordânia é um dos maiores receptores de ajuda dos EUA em termos per capta.

O dinheiro liberado por Powell ajudará a reduzir o déficit orçamentário da Jordânia, agravado pela falta de arrecadação com turismo e queda na confiança em negócios causadas pela guerra liderada pelos EUA no Iraque.

O dinheiro transferido à Jordânia faz parte do pacote de ajuda de 8 bilhões de dólares dos EUA para compensar aliados, entre eles Egito, Afeganistão, Israel e Paquistão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host