UOL Notícias Notícias
 

18/03/2006 - 14h43

Milhares protestam contra guerra do Iraque em Londres

Por David Clarke

LONDRES (Reuters) - Pelo menos 14.000 manifestantes anti-guerra marcharam pelas ruas de Londres nesta sábado, três anos depois da invasão do Iraque, pedindo que as tropas dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha se retirem do país.

Alguns manifestantes seguravam cartazes com fotografia do presidente dos EUA, George W. Bush, e a frase "Terrorrista Número 1 do Mundo". Outros carregavam faixas clamando por "Paz não Lucro" e "Fim da ocupação, não ataquem o Irã".

Um punhado de manifestantes vestia macacões cor de laranja e tinham algemas em seus pulsos, imitando as vestes dos prisioneiros da bacia de Guantánamo, nos EUA.

"Queremos duas coisas: apressar que o governo britânico deixe o Iraque e deixar claro para a opinião pública que ela não pode se juntar ao governo americano se eles atacarem o Irã", disse um dos fundadores do movimento "Pare a Coalizão de Guerra", John Rees.

Organizadores disseram que a marcha foi uma de diversas planejadas para protestar contra a guerra do Iraque, desde a Austrália até o Japão e os EUA. O total de 14.000 participantes foi estimado pela polícia local.

A Grã-Bretanha possui atualmente 8.000 tropas no Iraque e está enviando outras 3.500 para o Afeganistão, onde sua presença vai aumentar para 5.700.

A Grã-Bretanha, como os EUA, afirmou que espera se retirar do Iraque quando as forças de segurança locais tiverem aumentado suas atuações no país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host