UOL Notícias Notícias
 

06/05/2006 - 12h41

Interpol decreta prisão de militares uruguaios em caso Gelmán

MONTEVIDÉU (Reuters) - A Interpol emitiu uma ordem de captura para cinco militares aposentados e um ex-policial do Uruguai, para que sejam investigados pelo desaparecimento da nora do poeta argentino Juan Gelmán durante a ditadura que governou o país entre 1973 e 1985, noticiou a imprensa local na sexta-feira.

Segundo canais de televisão de Montevidéu, a polícia internacional já prendeu um dos oficiais e os outros prometeram se apresentar em um quartel militar ainda neste sábado.

"Estamos realizando autuações. Não podemos confirmar nem desmentir nada", disse à Reuters um porta-voz da Interpol.

Um juiz argentino pediu, na terça-feira, a extradição dos militares Gilberto Vázquez, José Gavazzo, Ernesto Rama, Jorge Silveira e José Ricardo Arab e do ex-policial Ricardo Medina por "privação ilegal da liberdade" de María Claudia García de Gelmán.

García foi sequestrada em Buenos Aires em 1976 (ano que marcou o início da ditadura na Argentina) junto ao filho do poeta argentino, e foi levada clandestinamente para Montevidéu, onde deu à luz uma menina que foi entregue para a adoção.

O corpo do filho de Gelmán foi encontrado em Buenos Aires pouco tempo depois do sequestro. E sua filha, Macarena, neta do escritor, foi encontrada no ano 2000 em Montevidéu.

A investigação do desaparecimento e do assassinato da jovem argentina passou por um longo e complexo processo judicial no Uruguai, onde existe uma lei de anistia que proíbe o julgamento de policiais e militares acusados de violações dos direitos humanos durante o governo militar.

A lei obriga a Justiça a solicitar autorização ao Poder Executivo para que haja uma investigação. Porém, sob o atual governo de esquerda de Tabaré Vázquez, vários casos foram excluídos da norma, entre eles o de García.

Uma equipe de antropólogos busca desde o ano passado os restos da nora do poeta em terrenos de uma unidade militar onde o Exército disse ter enterrado a argentina logo após sua morte. (Por Patricia Avila e Conrado Hornos)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host