UOL Notícias Notícias
 

24/05/2006 - 13h42

SAIBA MAIS-Principais presidenciáveis colombianos da oposição

24 de maio (Reuters) - Os colombianos participam, no domingo, de eleições presidenciais que devem ser vencidas pelo atual titular do cargo, Alvaro Uribe, popular por causa de suas políticas de segurança, que conseguiram diminuir as taxas da criminalidade ligada com a insurgência iniciada 40 anos atrás no país.

Os adversários esforçaram-se por apresentar uma alternativa à política linha-dura dele, mas o atual líder colombiano parece ter tudo para conquistar os 50 por cento mais um dos votos necessários e garantir assim um segundo mandato.

Leia abaixo o perfil dos principais candidatos que enfrentam Uribe.

CARLOS GAVÍRIA

Um ex-juiz de esquerda, Carlos Gavíria diz que sabe por que a postura dura de Uribe em relação às guerrilhas marxistas ganhou popularidade entre os colombianos, cansados do conflito, e reconhece que os rebeldes diminuíram as chances de sucesso de um movimento esquerdista e moderado no país andino.

Mas Gavíria, apelidado de Papai Noel devido a sua barba e cabelos brancos, conseguiu subir nas pesquisas, aparecendo em segundo lugar. O candidato é contrário ao acordo de livre comércio com os EUA discutido por Uribe, um importante aliado dos norte-americanos, e defende mais gastos na área social.

HORACIO SERPA

Alguns afirmam que o representante do Partido Liberal na disputa, Horacio Serpa, é um eterno candidato, concorrendo à Presidência pela terceira vez neste ano. Tendo saído em segundo lugar na corrida eleitoral, ele não conseguiu avançar e perdeu espaço para Gaviria.

Ex-ministro do Interior e nascido em uma família pobre, Serpa prometeu mais gastos na área social e a libertação negociada de reféns mantidos pela guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) como um passo rumo à solução dos conflitos.

ANTANAS MOCKUS

Ex-prefeito de Bogotá e ex-professor universitário, Antanas Mockus ganhou popularidade no passado devido a seus programas chamativos para aumentar a responsabilidade cívica dos moradores da capital colombiana. Mas a campanha presidencial dele nunca conseguiu decolar. Pesquisas de opinião mostram o candidato recebendo apenas 2 por cento das intenções de voto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host