UOL Notícias Notícias
 

02/08/2006 - 11h12

Calor vai persistir por mais um dia no nordeste dos EUA

NOVA YORK (Reuters) - A forte onda de calor que atinge o nordeste e o meio-oeste dos Estados Unidos vai durar pelo menos mais um dia, mais tempo que os meteorologistas estimavam inicialmente, de acordo com as últimas previsões.

Entretanto, a Flórida e outros Estados próximos ao Golfo do México, a principal região produtora de petróleo e gás natural do país, estão atentos à tempestade tropical Chris que, segundo previsão do Centro Nacional de Furacões, pode se transformar em um furacão dentro de 36 horas.

Em seu atual caminho, o Chris vai passar entre a Flórida e Cuba e atingir o Golfo do México dentro de uma semana, prevê o centro.

Os preços do gás natural --queimado para gerar a quantidade recorde de eletricidade usada devido aos aparelhos de ar-condicionado no nordeste e no meio-oeste-- subiram junto com as temperaturas, e há possibilidade de o Chris chegar ao golfo e prejudicar as instalações de petróleo e gás natural da região.

Para muitos no nordeste, o dia mais quente do ano ainda está para acontecer, com altas temperaturas esperadas em Washington, Filadélfia e Nova York nesta quarta e quinta-feira.

Além disso, a umidade no leste do país fazia com que a sensação térmica fosse de um calor mais intenso.

Nesta semana, os meteorologistas previram que o calor atingiria o meio-oeste na terça-feira à noite e deixaria o nordeste na quarta à noite.

Mas agora prevêem que o calor vá continuar no meio-oeste até quarta-feira e durar até quinta à noite no nordeste.

(Por Scott DiSavino)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host