UOL Notícias Notícias
 

09/10/2006 - 23h27

Ministro do Catar não consegue consenso entre líderes palestinos

Por Nidal al-Mughrabi

GAZA (Reuters) - Fracassaram os esforços de mediação do ministro do Exterior do Catar para resolver um impasse entre líderes palestinos, que não permitiu a formação de um governo de unidade, disse uma importante autoridade palestina na terça-feira.

O impasse gerou o pior conflito interno em uma década em meio a uma dura disputa de poder entre o primeiro-ministro palestino Ismail Haniyeh, do Hamas, e o presidente Mahmoud Abbas, da facção Fatah, que costumava ser dominante no cenário palestino.

"As diferenças nas questões centrais permaneceram... à luz das conversas desta noite, não parece que estamos perto de um acordo", disse Yasser Abed Rabbo, um influente assessor de Abbas.

O principal obstáculo para um governo de unidade tem sido a recusa do Hamas de participar em qualquer governo que reconheça Israel e que desista da luta armada contra o Estado judeu.

Abbas teve duas reuniões com o ministro do Exterior do Catar, Xeque Hamad bin Jassim bin Jabr al-Thani, na noite de segunda-feira, sendo que a segunda entrou nas primeiras horas de terça.

O xeque Hamad se reuniu com Abbas e com Haniyeh na Faixa de Gaza depois de encontrar mais cedo o líder do Hamas, Khaled Meshaal, em Damasco.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h30

    -0,21
    3,166
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h39

    0,08
    68.410,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host