UOL Notícias Notícias
 

14/10/2006 - 08h16

Forças israelenses matam seis homens armados do Hamas em Gaza

Por Nidal al-Mughrabi

GAZA (Reuters) - Tropas israelenses mataram seis homens armados do grupo militante Hamas em confrontos no norte da Faixa de Gaza neste sábado, disseram fontes da segurança palestina, em meio ao forte aumento da violência no território costeiro.

Nos últimos três dias, 19 palestinos foram mortos em conflitos em Gaza, a maioria deles militantes. Cerca de 24 pessoas também ficaram feridas. Não houve relatos de qualquer morte ou ferimento entre israelenses.

Desde que Israel aumentou sua ofensiva em Gaza, em junho, após o sequestro de um de seus soldados por militantes, ao menos 250 palestinos foram mortos, aproximadamente metade era de civis.

Israel diz que a ofensiva foi elaborada para encontrar o soldado sequestrado e impedir que os militantes atirassem mísseis caseiros contra Israel. Ataques por mísseis aumentaram nos últimos dias. Quatro dos militantes mortos no sábado morreram quando a casa em que se escondiam foi atingida por um ataque a míssil de Israel, disseram fontes de segurança. O exército israelense confirmou um ataque, dizendo que um tanque anti-míssil havia sido disparado contra uma de suas unidades e eles responderam. Uma coluna de tanques israelenses acompanhada por helicópteros se deslocou para uma área a leste da cidade de Jabalya, próximo à Cidade de Gaza, durante a noite, parte do que Israel nomeou de operação "Rain Man".

Israel diz que a operação será encerrada no domingo, mas que o timing "será determinado de acordo com avaliações de segurança". A imprensa israelense informou que o ministro da Defesa Amir Peretz havia instruído o exército a expandir suas operações para evitar ataques a míssil em cidades no sul de Israel.

Peretz é originalmente da cidade de Sderot, próximo a Gaza, que tem sido frequentemente atingida por mísseis disparados de Gaza no último ano. Os ataques a míssil costumam causar prejuízo e ferimentos leves, mas raramente mortes. Mais cedo, um ataque aéreo israelense havia destruído uma casa no sul de Gaza, na cidade de Rafah, disseram médicos e testemunhas.

Forças israelenses mataram, na sexta-feira, quatro palestinos, três deles militantes do Hamas, na maior onda de violência entre israelenses e palestinos em Gaza em semanas. Nove pessoas foram mortas na quinta-feira.

REUTERS FS MPN

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host