UOL Notícias Notícias
 

31/10/2006 - 23h44

Japão diz que sanções serão mantidas contra Coréia do Norte

TÓQUIO (Reuters) - O Japão vai manter suas sanções contra a Coréia do Norte, apesar do governo do país concordar em retornar às negociações hexapartites sobre o programa nuclear norte-coreano, informou a agência de notícias Kyodo, citando o ministro das Relações Exteriores japonês, Taro Aso, nesta quarta-feira (horário local).

"Basicamente, nós vamos manter", disse Aso a uma comissão parlamentar, segundo a agência Kyodo. "É sinceramente muito bem-vindo que as conversações sejam retomadas logo, mas não podemos meramente celebrar, dizendo "isso é ótimo"', acrescentou.

"Nós continuaremos a exigir que a Coréia do Norte desista de suas armas nucleares e de seus programas nucleares existentes."

O Japão implementou sanções contra a Coréia do Norte, incluindo a proibição de importações e a proibição de navios norte-coreanos em seus portos, depois do teste nuclear de 9 de outubro.

(Reportagem de Linda Sieg)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host