UOL Notícias Notícias
 

30/01/2007 - 22h05

Catar crê em paz entre Israel e Hamas, diz Peres

Por Odai Sirri

DOHA (Reuters) - O vice-primeiro-ministro de Israel, Shimon Peres, disse na terça-feira ter ouvido do emir do Catar que o grupo palestino Hamas faria a paz com Israel se o Estado judeu abandonasse os territórios ocupados na guerra de 1967.

Peres disse também ter discutido as supostas ambições nucleares iranianas com o xeque Hamad bin Khalifa Al Thani, na primeira visita de Peres em dez anos ao país do golfo Pérsico, aliado dos EUA.

"No julgamento dele, se Israel voltar à fronteira de 1967 o Hamas irá fazer a paz com Israel", disse Peres a jornalistas após a reunião. "Ele diz que o Hamas foi eleito, ele acha o Hamas mais pragmático do que nós achamos. Eu disse a ele que o Hamas se recusou a se encontrar com o governo israelense, que o Hamas anunciou que não vai reconhecer acordos firmados entre nós e os palestinos."

Mas Israel "não deve prestar tanta atenção às declarações deles, porque eles também têm de pacificar e agradar outra audiência", afirmou o xeque Hamad, segundo Peres, durante a reunião de uma hora, que o israelense qualificou de "franca e agradável".

Peres afirmou ainda que Israel vai apoiar uma maior "pressão econômica e campanha psicológica" contra o governo do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, inimigo jurado do Estado judeu.

"Não acho que Israel tenha um problema com o Irã, tem um problema com Ahmadinejad", disse Peres, argumentando que "há uma grande dose de insatisfação dentro do Irã" com o governo de Ahmadinejad, acusado pelo Ocidente e por Israel de desenvolver armas nucleares, o que Teerã nega.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h19

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h22

    -0,29
    75.385,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host