UOL Notícias Notícias
 

12/02/2007 - 16h26

Machado repele "catastrofismo" sobre Previdência mas quer ajuste

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Previdência, Nelson Machado, rechaçou nesta segunda-feira o "catastrofismo" de algumas previsões sobre a Previdência, mas insistiu que o país não pode perder a oportunidade de discutir medidas para sustentar o sistema.

"Precisamos construir uma Previdência mais justa e com sustentabilidade", disse o ministro em cerimônia no Palácio do Planalto para instalar o Fórum Nacional da Previdência.

Segundo ele, a Previdência está baseada em um pacto entre as gerações e "esse pacto precisa ser renegociado diante de mudanças na sociedade". Como exemplos de mudanças, Machado citou o aumento da expectativa de vida no Brasil e o fato de que as famílias estão tendo menos filhos.

Machado afirmou ainda que o governo não cogita a idéia de privatizar a Previdência e que não surgiu no mundo nenhum modelo mais flexível e estável que o adotado no Brasil.

Outros pressupostos para as discussões no fórum, segundo o ministro, são adotar medidas para o longo prazo e não desrespeitar direitos adquiridos. Ele citou também que o fórum deve ficar acima dos direitos corporativos.

O déficit previdenciário, que atingiu 42 bilhões de reais no ano passado, é considerado uma das principais fragilidades fiscais do país por economistas.

(Por Isabel Versiani)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h19

    0,40
    3,292
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h23

    -0,52
    62.929,47
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host