UOL Notícias Notícias
 

03/04/2007 - 12h23

Governo diz a controladores que não negocia com faca no pescoço

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - Após reunião de quase duas horas com os controladores de vôo militares e civis, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, alertou que o governo não vai negociar com a faca no pescoço, numa advertência destinada a conter o ímpeto da categoria, que se encontra em estado de greve.

"Nós pretendemos fazer mudanças no sistema de controle de tráfego aéreo, nós queremos ouvir todas as partes envolvidas, mas queremos fazer isso com tranquilidade, sem faca no pescoço", disse o ministro a jornalistas.

Os controladores de vôo deixaram a reunião sem fazer comentários.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host