UOL Notícias Notícias
 

09/04/2007 - 18h15

Turista espacial dos EUA atraca na Estação Espacial

Por Olesya Dmitracrova

KOROLYOV, Rússia (Reuters) - O turista espacial norte-americano Charles Simonyi chegou na segunda-feira à Estação Espacial Internacional carregando uma cesta de comidas mais finas e apetitosas do que a insossa alimentação dietética habitual dos cosmonautas e astronautas.

Simonyi, que pagou 25 milhões de dólares pela viagem, decolou no sábado de uma base russa nas estepes da Ásia Central, junto com dois cosmonautas russos. A manobra na estação foi aplaudida no centro de controle da missão, nos arredores de Moscou.

"Estamos felizes por termos atingido o momento de atracar", disse Alexei Krasnov, diretor de vôos pilotados da Roskosmos (agência espacial russa).

Simonyi é o quinto turista espacial da história. "É muito legal ver uma pessoa que realizou seu velho sonho", comentou Krasnov.

O norte-americano e os russos Fyodor Yurchikhin e Oleg Kotov ainda teriam de esperar cerca de uma hora no diminuto módulo Soyuz enquanto são feitas verificações de segurança.

Só então poderiam flutuar até a estação, onde seriam recebidos pelos norte-americanos Michael López-Alegría e Sunita Williams e pelo russo Mikhail Tyurkin, que há seis meses vivem na estação.

Simonyi nasceu na Hungria e emigrou para os EUA a fim de trabalhar na Microsoft quando esta ainda era uma empresa novata. Depois de colaborar em produtos de sucesso da empresa, como Word e Excel, criou sua própria companhia.

O pacote de comidas "gourmet" foi montado por Martha Stewart, "guru" da qualidade de vida nos EUA e amiga de Simonyi, que foi se despedir dele na base de lançamento, no Cazaquistão.

Há rumores de que os dois estão namorando e que Simonyi a pediria em casamento antes de decolagem.

O menu, de um exotismo impensável para os demais astronautas, inclui codorna assada no vinho, peito de pato com alcaparras e pudim de arroz. Tudo vai embalado numa caixa de alumínio.

Autoridades russas disseram que Simonyi pretende dividir o banquete com seus colegas no dia 12, quando a Rússia celebra o Dia do Cosmonauta.

Simonyi volta à Terra com López-Alegría e Tyurkin. A cápsula deles deve levar quatro horas para descer até a Terra, chegando às estepes cazaques em 20 de abril.

A engenheira de vôo Williams permanecerá a bordo da estação por enquanto. Kotov e Yurchikhin têm a volta prevista para o último trimestre do ano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h49

    0,29
    3,155
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h56

    -0,06
    68.674,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host