UOL Notícias Notícias
 

11/07/2007 - 18h51

Senadores republicanos bloqueiam plano para descanso de tropas

Por Susan Cornwell

WASHINGTON (Reuters) - Os senadores republicanos bloquearam nesta quarta-feira uma proposta que daria aos soldados norte-americanos no Iraque mais tempo para descansarem das batalhas, enquanto os democratas renovaram as tentativas de mudar a política do governo de George W. Bush no Iraque.

Apesar de a Casa Branca ter vencido esse enfrentamento inicial na lei de política militar, o governo perdeu apoio de sete senadores republicanos na votação de um projeto que impunha um intervalo mínimo entre missões militares. Seis desses republicanos disputarão a reeleição em 2008.

Tentando conter a rebelião entre os republicanos, a Casa Branca mandou o assessor de Segurança Nacional, Stephen Hadley, ao Congresso pelo segundo dia consecutivo. Já a secretária de Estado, Condoleezza Rice, telefonava para parlamentares.

Rice e Hadley pediram aos senadores que apoiem a determinação de Bush de esperar o relatório a ser submetido em setembro pelo general David Petraeus, comandante dos EUA no Iraque, ao invés de tentarem impor mudanças agora.

Sete republicanos se juntaram a 48 democratas e 1 independente no voto a favor do projeto do senador James Webb para que as tropas possam passar um período adequado em suas casas antes de voltarem para a guerra.

A proposta ficou quatro votos aquém dos 60 que precisava, um obstáculo regimental levantado pelos republicanos.

(Reportagem adicional de Richard Cowan)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host