UOL Notícias Notícias
 
01/08/2007 - 07h23 / Atualizada 07/07/2010 - 20h25

Arábia Saudita pode participar de conferência de paz com Israel

Por Andrew Gray e Sue Pleming

JEDDAH, Arábia Saudita (Reuters) - A Arábia Saudita afirmou nesta quarta-feira que poderá comparecer a uma reunião de paz no Oriente Médio proposta pelo presidente norte-americano, George W. Bush, evento que poderia colocar na mesma mesa de negociações importantes países islâmicos e Israel.

Mas o ministro das Relações Exteriores saudita, príncipe Saud al-Faisal, disse que seu país somente consideraria participar do encontro se ele abordar "questões significativas de paz".

A Arábia Saudita foi a principal força por trás de uma proposta de paz árabe feita durante uma cúpula este ano. O plano oferece a Israel relações diplomáticas totais com 22 países árabes em troca de uma retirada de territórios árabes ocupados em 1967. Israel e os EUA, no entanto, disseram que países árabes, como a Arábia Saudita, que não têm relações com Israel deveriam antes se envolver em um diálogo com o Estado judaico como gesto de boa-vontade.

No último ano, houve muitos rumores de encontros secretos entre autoridades sauditas e israelenses, mas a Arábia Saudita já declarou publicamente que não oferecerá "normalização" das relações com Israel antes de um acordo final de paz.

Romper a barreira saudita de contatos seria um grande passo diplomático para Israel devido ao prestígio que a Arábia Saudita tem por abrigar os mais sagrados santuários do islamismo.

(Com reportagem de Andrew Hammond e Diala Saadeh)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host