UOL Notícias Notícias
 
05/08/2007 - 18h25 / Atualizada 11/07/2010 - 14h48

Nasa enviará professora ao espaço após desastre com Challenger

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL (Reuters) - Uma professora que abandonou a sala de aula que amava dez anos atrás para ingressar na fila dos astronautas norte-americanos deve embarcar no ônibus espacial Endeavour esta semana, numa missão que vai à Estação Espacial Internacional.

A Nasa pretende lançar o Endeavour na quarta-feira, numa missão de construção e reabastecimento da estação espacial.

O compartimento de carga da nave contém um pedaço curto da viga estrutural da estação, um giroscópio substituto necessário para manter o complexo crescente corretamente posicionado em órbita, uma plataforma externa de armazenagem de equipamentos e um contêiner repleto de equipamentos para a tripulação residente da estação.

Mas o alvo principal das atenções na missão, que será a 119a do programa de ônibus espaciais, é Barbara Morgan, 55 anos, professora que dava aulas em McCall, Idaho, até entrar para o corpo de astronautas, dez anos atrás.

Morgan não era novata na Nasa, tendo treinado em 1985 ao lado da "professora no espaço" Christa McAuliffe, que embarcou com a tripulação do Challenger em janeiro de 1986.

A missão de McAuliffe terminou em tragédia 73 segundos após a decolagem, quando um dos foguetes propulsores do ônibus espacial sofreu uma pane, provocando uma explosão que matou a professora ginasial de New Hampshire e seis astronautas.

Depois do acidente, a Nasa convidou Morgan para ser sua Professora no Espaço, mas o convite não foi adiante porque, após o acidente, houve uma mudança de política e civis foram proibidos de voar no ônibus espacial.

Dez anos atrás os defensores da candidatura de Morgan fizeram uma proposta: a professora ingressaria no corpo de astronautas e se tornaria tripulante plenamente treinada, a primeira de uma nova categoria de astronautas chamados de especialistas em missão educacional. Hoje há três outros professores astronautas.

Não era o emprego de seus sonhos, mas Morgan aceitou, mesmo assim, cumprindo o compromisso que assumira após o desastre do Challenger, reafirmado após o fim do Columbia, em 2003.

Uma aula de uma professora de escola pode ser exatamente o que a Nasa precisa para se recolocar nos eixos.

A partida do Endeavour está prevista para 22h36 GMT na quarta-feira (19h36 pelo horário de Brasília).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host