UOL Notícias Notícias
 

28/08/2007 - 07h52

Novos confrontos com peregrinos deixam mais mortos no Iraque

KERBALA, Iraque (Reuters) - Quatro pessoas foram mortas e 18 ficaram feridas em uma nova onda de violência na cidade sagrada de Kerbala, no Iraque, onde centenas de milhares de peregrinos xiitas se reuniram na terça-feira para uma grande cerimônia, informou a polícia.

Autoridades disseram que homens armados entraram em conflito com a polícia perto da mesquita de Imã Abbas, um dos templos mais sagrados para os muçulmanos xiitas. A situação foi descrita como muito tensa.

Um fotógrafo da Reuters afirmou que viu dois corpos sendo carregados por peregrinos. Um repórter da Reuters disse que podia ouvir sons de contínuo tiroteio perto das mesquitas.

A nova onda de violência acontece após confrontos entre a polícia e peregrinos na noite de segunda-feira, que deixou pelo menos seis mortos.

"Estou me escondendo em uma loja. Eu posso ouvir o som de tiros. A situação é muito instável e o Exército iraquiano e policiais foram para as ruas e para os tetos das casas", disse um peregrino que pediu para não ser identificado.

A polícia informou que uma das pessoas mortas era uma mulher.

Uma autoridade do Ministério do Interior em Bagdá disse que seis pessoas foram mortas e 30 ficaram feridas nos confrontos de terça-feira, após a polícia ser confrontada por uma grande multidão, onde algumas pessoas empunhavam facas.

Depois de uma primeira saraivada de tiros de aviso, eles abriram fogo contra a multidão.

Os peregrinos estão celebrando o nono século de nascimento de Muhammad al-Mahdi, o último dos 12 imãs xiitas reverenciados como santos e aquele que eles acreditam nunca ter morrido e que vai retornar para salvar a humanidade.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host