UOL Notícias Notícias
 

01/09/2007 - 17h54

Tempestade Henriette mata 6 e se afasta da costa mexicana

ACAPULCO (Reuters) - A tempestade tropical Henriette se afastava neste sábado da costa banhada pelo Pacífico no México depois de provocar seis mortes enquanto passava pelo balneário de Acapulco.

Na madrugada deste sábado, as fortes chuvas causadas pelo Henriette fizeram com que uma enorme pedra caísse sobre uma casa na periferia de Acapulco, matando duas crianças e o pai delas, afirmaram testemunhas e meios de comunicação.

Em uma outra região da periferia da cidade, um deslizamento ocorrido também durante a madrugada do sábado soterrou parcialmente uma casa. No incidente, segundo testemunhas, morreram três crianças.

Autoridades da agência de proteção civil de Acapulco não puderam ser encontradas para dar maiores informações.

Apesar de ser um dos pontos turísticos mais procurados do México, Acapulco conta com um grande número de pobres. O Estado de Guerrero, onde fica a cidade, é um dos mais carentes do país.

O centro da tempestade se encontrava, na tarde de sábado, 130 quilômetros a sul-sudoeste de Manzanillo e cerca de 775 quilômetros a sudeste da Baixa Califórnia, disse em seu relatório mais recente o Centro Nacional de Furacões, um órgão dos EUA.

O Henriette registrava ventos sustentáveis de 85 quilômetros por hora, deixando o mar bastante agitado.

O Centro Nacional de Furacões ainda prevê que a tempestade ganhará força nas próximas horas.

"É previsto um certo fortalecimento nas próximas 24 horas e o Henriette poderia se tornar um furacão durante o próximo dia ou antes", afirmou o órgão.

O Henriette continuava se deslocando paralelamente à costa mexicana, mas se movimentava no rumo oeste-noroeste a uma velocidade de 19 quilômetros por hora. Segundo o Centro, essa rota deve se manter inalterada nas próximas 24 horas.

"Nesse caminho, o Henriette se afastará gradualmente da costa sudoeste do México", disse o relatório.

Em agosto, o México se viu atingido pelo violento furacão Dean, que ao passar pelo país e por várias ilhas do Caribe deixou mais de 20 mortos e milhares de desabrigados. (Por Gerardo Torres em Acapulco e Adriana Barrera na Cidade do México)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host