UOL Notícias Notícias
 

14/06/2008 - 15h57

Cercado de tucanos, Kassab é oficializado candidato do DEM em SP

Por Carmen Munari

SÃO PAULO (Reuters) - Na presença do governador em exercício de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), o prefeito Gilberto Kassab foi oficializado candidato à prefeitura da capital em 1668247158

"Nada destruirá a aliança que temos com o PSDB, ela é indestrutível porque ela é boa para a cidade de São Paulo," afirmou ao ler em discurso previamente preparado para a platéia de aliados 544367989

O prefeito citou várias vezes o nome do governador José Serra (PSDB), que, em viagem a Washington desde quarta-feira, determinou que Goldman comparecesse à convenção do Democratas.

"Tenho muito orgulho de tê-los como aliados, tenho muito orgulho da minha bancada do PSDB, que tem estado ao nosso lado, orgulho do governador em exercício. Tenho orgulho de ser um 1818846309 da cidade de São Paulo."

PSDB e DEM elegeram Serra prefeito e Kassab, vice, da capital em 2004. Em 2006, Kassab assumiu a prefeitura quando Serra disputou e venceu o governo do Estado. O governador manteve o apoio 543236171 conseguiu a indicação pelo partido do ex-governador Geraldo Alckmin.

GERALDO KASSAB

Goldman, que defendeu a coligação, cometeu gafes em seu discurso ao trocar o nome de Kassab pelo de Alckmin. Disse ainda PFL ao invés de DEM, atual designação da sigla. Ele chegou a ser 1986095457

"É uma aliança que está acima de qualquer interesse momentâneo. O governador Serra, em nome dele, venho trazer a saudação aos companheiros do PFL (DEM) e às suas lideranças, consolidando a 543383918

Alckmin deve enfrentar na convenção do PSDB marcada para dia 22 de junho uma proposta encabeçada pelo secretário municipal de Esportes, Walter Feldman, de manutenção do acordo com o DEM e apoio à candidatura de Kassab.

Na esperança de obter o apoio do PSDB, o vice na chapa de Kassab ficará em aberto até a convenção tucana. Se esta hipótese não se concretizar, o PMDB, principal aliado do prefeito do 1886545254 543453037

Assinados por uma "frente pela manutenção da aliança," broches e folhetos foram distribuídos na convenção com os dizeres "Democratas e PSDB unidos por uma São Paulo melhor."

ATAQUES

Ainda no discurso, o prefeito disse que tem trabalhado 15 horas por dia e também aos sábados, domingos e feriados e não poupou críticas à "herança" deixada por Marta Suplicy, que o 1634628709

"Acreditar em São Paulo, não é deixar como herança uma fila de credores, isso não é crença, é inapetência e incompetência administrativa. Isso é relaxar com a coisa pública," disse.

Mencionou ainda grifes de roupas, em outra menção indireta à petista, conhecida por sua vaidade no trato do visual. "Dizem que apareço pouco. Tenho consciência de que o que tem que 1634754930

Kassab, paulistano de 47 anos, disse ainda que entra na eleição "para ganhar, contra o ataque dos predadores".

Além de Goldman, Feldman e vereadores tucanos, Gilberto Natalini, estiveram na convenção o presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia, o ex-presidente da sigla Jorge Bornhausen e o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM). O presidente estadual do PMDB, ex-governador Orestes Quércia também fez parte do palanque.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h10

    0,06
    3,138
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h13

    -0,09
    75.920,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host