UOL Notícias Notícias
 

09/07/2008 - 19h29

Senado desafia Casa Branca e aprova lei da saúde

WASHINGTON (Reuters) - Com a ajuda do senador Edward Kennedy, que voltou ao Senado pela primeira vez desde sofrer uma cirurgia cerebral em junho, o Congresso dos Estados Unidos deu aprovação definitiva na quarta-feira a um projeto sobre a saúde pública que contraria os interesses da Casa Branca.

Com a surpreendente presença de Kennedy, os democratas conseguiram superar as manobras regimentais dos republicanos para evitar a votação do projeto, que já havia passado na Câmara.

O projeto cancela um corte de 11 por cento nos pagamentos de médicos que atendem pelo sistema Medicare, e retira também reembolsos de 13 bilhões de dólares para seguradoras como UnitedHealth Group Inc e Aetna, que mantêm convênios com o programa Medicare.

(Reportagem de Richard Cowan, Thomas Ferraro e Kim Dixon)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h29

    -0,35
    3,271
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h30

    0,51
    63.549,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host