UOL Notícias Notícias
 

26/10/2008 - 10h57

Marta diz que campanha foi "desqualificadora" para sua imagem

Por Maurício Savarese

SÃO PAULO (Reuters) - A candidata do PT à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, afirmou neste domingo que ainda espera reverter a desvantagem apontada pelas pesquisas em relação ao prefeito Gilberto Kassab (DEM) que, segundo ela, conduziu uma campanha que tentou diminuí-la.

A petista votou acompanhada do ministro do Turismo, Luiz Barreto, do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e de vereadores e deputados do partido.

"Achei que foi uma campanha bastante desqualificadora da minha imagem", disse Marta a jornalistas na sede do sindicato dos engenheiros de São Paulo, antes de votar na manhã deste domingo.

Acusada de ter insinuado em uma propaganda eleitoral suspeitas sobre a sexualidade de Kassab, o que foi criticado inclusive por membros do PT, Marta considerou normal o tom dos ataques trocados entre ela e o candidato do DEM durante a campanha do segundo turno.

"No final da campanha se sobe o tom. Não subimos o tom primeiro", afirmou a petista.

Um interlocutor da candidata afirmou, sob condição de anonimato, que a preocupação da petista é "não sair menor da disputa do que entrou".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host