UOL Notícias Notícias
 

06/11/2008 - 07h44

Obama pode anunciar escolhido para Tesouro nesta 5a feira

Por Caren Bohan

CHICAGO (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos Barack Obama, que herdará a pior crise financeira em décadas quando tomar posse, deve anunciar suas escolhas para alguns postos-chave da equipe econômico em breve, e pode revelar quem será seu secretário de Tesouro ainda nesta quinta-feira.

Timothy Geithner, presidente do Fed de Nova York, o ex-secretário de Tesouro Lawrence Summers e o ex-chairman do Fed Paul Volcker estão entre os favoritos.

Após a vitória eleitoral da terça-feira, que o tornará o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, Obama também parecia estar perto de anunciar seu chefe de gabinete.

O cargo foi oferecido ao deputado democrata por Illinóis Rahm Emanuel, segundo fontes democratas que falaram sob condição de anonimato. O parlamentar de 48 anos faz parte do círculo íntimo de Obama e deve aceitar o cargo.

Obama já anunciou uma equipe de transição que deve trabalhar rapidamente para preencher os postos nas áreas econômica e de segurança interna do governo, de acordo com fontes democratas.

Lideram essa equipe Valerie Jarrett, uma amiga próxima de Obama, Pete Rouse, chefe de gabinete do presidente eleito no Senado, e John Podesta, ex-chefe de gabinete de Bill Clinton.

O escolhido para chefiar o Departamento de Tesouro terá a tarefa de gerenciar o programa de resgate econômico de 700 bilhões de dólares, além da reforma regulatória necessária para evitar uma repetição da atual crise econômica.

Além de Geithner, Summers e Volcker, a lista de candidatos para o Tesouro inclui ainda a ex-conselheira do governo Clinton Laura Tyson.

Obama também pode anunciar em breve outros postos econômicos. Entre os prováveis integrantes da equipe econômica estão o economista da Universidade de Chicago Austan Goolsbee e Jason Furman, ex-conselheiro econômico de Clinton.

Para secretário de Estado, o senador democrata por Massachusets John Kerry, o ex-diplomata Richard Holbrooke, o senador republicano em fim de mandato Chuck Hagel e o ex-senador democrata pela Geórgia Sam Nunn estão entre os favoritos.

(Reportagem adicional de Thomas Ferraro, Richard Cowan e Donna Smith em Washington e Deborah Charles em Chicago)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host