UOL Notícias Notícias
 

19/11/2008 - 11h07

Parlamentares russos aprovam ampliar mandato presidencial

MOSCOU (Reuters) - Uma proposta para estender o mandato do presidente da Rússia por mais dois anos ficou mais perto de se tornar lei nesta quarta-feira, quando a Câmara dos Deputados russa aprovou o texto.

Críticos afirmam que a ampliação do mandato presidencial de quatro para seis anos é parte de um esquema para que o poderoso ex-presidente Vladimir Putin retorne ao antigo cargo, mas autoridades do Kremlin negaram qualquer plano com essa intenção.

A câmara baixa do Congresso russo aprovou a emenda por 351 votos a favor e 51 contra. A proposta, além de ampliar o mandato presidencial, estende também o dos parlamentares de quatro para cinco anos.

Os legisladores comunistas foram os únicos a votar contra a emenda. A mudança no mandato do Kremlin foi proposta pelo presidente Dmitry Medvedev, mas ela não se aplicaria à sua gestão.

Alguns analistas disseram que a emenda constitucional poderia ser usada como uma justificativa legal para se pedir uma eleição antecipada, na qual Putin, que agora atua como influente primeiro-ministro, poderia concorrer.

O porta-voz de Putin disse que não há planos para uma eleição antecipada.

(Reportagem de Aydar Buribaev)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host