UOL Notícias Notícias
 

12/01/2009 - 16h01

GM demite 744 no interior de SP, diz sindicato

Em São Paulo
A General Motors vai demitir mais de 700 funcionários da unidade de São José dos Campos, no interior de São Paulo, informou o sindicato de metalúrgicos da cidade nesta segunda-feira (12). Segundo comunicado do sindicato, a direção da empresa reuniu-se com dirigentes da entidade nesta tarde para anunciar que "demitirá 744 trabalhadores".

Procurada pela Reuters, a GM afirmou que vai evitar fazer comentários imediatos sobre as informações divulgadas pelo sindicato, e que falará sobre o assunto ainda nesta segunda (12). Dirigentes do sindicato não estavam imediatamente disponíveis para detalhar o assunto.

A unidade de São José dos Campos emprega cerca de 8.900 pessoas e produz modelos como Corsa, Zafira, Meriva e a picape Montana, informou o sindicato. De acordo com seu comunicado, entre os demitidos estão 600 trabalhadores contratados em 2008 por prazo determinado. "Alguns desses contratos venceriam somente em junho, mas a empresa dispensará os metalúrgicos imediatamente", afirmou a entidade.

A GM vinha optando por deixar trabalhadores em férias coletivas na unidade desde outubro. Desde esse período, segundo o sindicato, cinco períodos de férias coletivas foram anunciados pela companhia na fábrica. Atualmente 500 funcionários estão sob período de recesso.

A GM viu suas vendas de automóveis e comerciais leves caírem 1,3% em dezembro em relação a novembro, para 29.310 unidades. No mesmo período, as vendas de veículos novos vendidos no país pela indústria subiram 9,4%.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host