UOL Notícias Notícias
 

06/05/2009 - 09h59

Britânico é escolhido para o "melhor emprego do mundo" em ilha

Por Belinda Goldsmith

CANBERRA (Reuters) - Um britânico que trabalha como arrecadador de verbas humanitárias conseguiu na quarta-feira o "melhor emprego do mundo" - o de zelador numa ilha tropical australiana - após uma inovadora campanha de marketing que ilustrou o poder da mídia social.

Ben Southall, 34 anos, foi selecionado entre os 16 finalistas de um divulgadíssimo concurso organizado pela empresa de turismo do Estado de Queensland, que recebeu quase 34,7 mil inscrições por vídeo, de quase 200 países, e superou todas as expectativas na promoção do turismo local.

A descrição do emprego: explorar as ilhas da Grande Barreira de Corais durante seis meses e relatar o que vê via blogs, foto-diário, vídeos e entrevistas. Se estiver a fim, o escolhido também pode alimentar peixes, recolher a correspondência e limpar a piscina - e ganhar o equivalente a 110 mil dólares pelo trabalho.

Falando a uma TV depois da escolha, Southall disse que vencer o concurso foi "uma extrema honra". "Espero que possa dar conta do recado como todos estão esperando, tomara que minha natação esteja à altura, e estou ansioso por todas as novas funções e responsabilidades que a tarefa envolve", disse ele, que contou que em breve terá a companhia da sua namorada canadense na ilha.

A campanha feita pelas autoridades turísticas de Queensland mostrou o potencial de sites como YouTube e Facebook.

"Esta é provavelmente a primeira vez que uma campanha obteve esse alcance com tão pouco gasto publicitário, a não ser alguns anúncios de emprego estrategicamente postados mundo afora", disse o analista de marketing australiano Tim Burrowes.

"Isso tudo foi o poder das pessoas passando as coisas adiante, principalmente pelo YouTube. A principal lição a ser tirada aqui é que se você tem uma ideia original, excitante, que faça as pessoas falarem, você não precisa de enormes gastos publicitários."

A campanha começou em janeiro, com uma publicidade em que a empresa de turismo exaltava os prazeres de um emprego que mais parecem férias pagas. Em poucos dias, a campanha se tornou um dos itens mais populares da Internet, e a vaga difundiu-se por redes de relacionamento social.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h07

    0,03
    74.467,02
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host