UOL Notícias Notícias
 

27/08/2009 - 16h39

Lançamento da nave Discovery é novamente adiado

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, Estados Unidos (Reuters) - A Nasa adiou nesta quinta-feira pela terceira vez o lançamento do ônibus espacial Discovery, para rever os testes de um possível problema numa válvula do tanque de combustível da nave, que fará uma missão de reabastecimento à Estação Espacial Internacional.

O lançamento da 128a missão dos ônibus espaciais foi remarcada para 23h59 de sexta-feira (0h59 de sábado em Brasília).

A Nasa pretendia lançar o ônibus às 0h22 de sexta-feira (1h22 em Brasília), mas os técnicos pediram mais tempo para avaliar as informações coletadas durante os testes na válvula.

A hora do lançamento depende do momento da passagem da Estação Espacial Internacional sobre o Centro Espacial Kennedy, na Flórida, o que acontece aproximadamente a cada 24 horas.

"As equipes dos ônibus decidiram que precisam de mais tempo para avaliar os dados antes de levar o lançamento adiante," disse a Nasa em mensagem pelo Twitter.

A válvula sob suspeita, necessária para escoar o combustível do tanque, aparentemente apresentou um defeito quando o ônibus estava sendo abastecido para uma segunda tentativa de lançamento, nesta semana.

Na terça-feira, a primeira tentativa havia sido abortada devido ao mau tempo.

A Nasa parou o abastecimento quando um sensor apontou uma possível falha. O tanque então foi esvaziado, e os técnicos passaram a fazer testes para ver se o problema estava na válvula ou nos sensores que monitoram o equipamento.

Os engenheiros acionaram a válvula em cinco ciclos na quarta-feira, sem incidentes, mas a Nasa decidiu usar mais um dia para estudar o caso.

O ônibus levará equipamentos de laboratório, alimentos, mantimentos e peças sobressalentes para a estação, um projeto de 100 bilhões de dólares e 16 países que está quase concluído após mais de uma década de construção. Ela orbita a Terra a uma altitude de 355 quilômetros.

A Nasa tem até domingo para lançar o Discovery. Se não, provavelmente terá de esperar até meados de outubro.

A missão deve durar 13 dias e incluirá três saídas de astronautas ao espaço, para instalar um novo tanque de refrigeração de amônia e preparar o complexo orbital para o seu último módulo de conexão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host