UOL Notícias Notícias
 

05/09/2009 - 14h21

Líder oposicionista do Irã convoca mais protestos

Por Fredrik Dahl

TEERÃ (Reuters) - O líder oposicionista Mirhossein Mousavi convocou no sábado mais protestos contra a eleição de junho no Irã, dois dias depois de legisladores terem dado seu apoio aos novos ministros do presidente Mahmoud Ahmadinejad.

Mousavi mantém sua postura de desafio em relação à eleição que ele diz ter sido manipulada em favor de Ahmadinejad e pediu a seus partidários que criem uma ampla rede de oposição usando reuniões como encontros familiares, de sindicatos ou esportivos.

"Para alcançarmos nossa causa, não recomendo nada a não ser a busca do caminho verde da esperança que vocês seguiram nos últimos meses...através de reuniões pequenas e grandes", disse ele em comunicado em um site reformista.

Verde foi a cor utilizada na campanha de Mousavi e nos protestos que se seguiram às eleições

"Depende de seus amigos não trair a confiança...criada na luta contra os trapaceiros e mentirosos", disse ele, repetindo acusações de "violações e fraude organizadas".

Um site reformista publicou os nomes das 72 pessoas que diz terem sido mortas nas agitações nas ruas. Trinta morreram de ferimentos causados por tiros, outros por golpes de cassetete, um teve a garganta cortada e uma mulher foi queimada, de acordo com o site.

Autoridades calculam o número de mortos na violência pós-eleição em 26.

Autoridades rejeitam as alegações de manipulação na eleição, que afundou o Irã em sua mais profunda crise interna desde a revolução islâmica de 1979.

(Reportagem adicional de Hashem Kalantari)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host