UOL Notícias Notícias
 

11/09/2009 - 07h35

Aiatolá iraniano diz que resistência terá "resposta severa"

TEERÃ (Reuters) - A maior autoridade do Irã alertou nesta sexta-feira que qualquer indivíduo que lute contra a República Islâmica terá uma "resposta severa", numa aparente referência aos protestos de rua que eclodiram depois da polêmica eleição de junho.

"Resistir ao sistema e levantar a espada contra o sistema será acompanhado de severa resposta", afirmou o supremo líder aiatolá Ali Khamenei nesta sexta-feira em sermão transmitido ao vivo pela televisão estatal.

"Se alguém se voltar contra as bases do sistema islâmico e violar a segurança do povo, o sistema é forçado a se opor", colocou.

Mas ele acrescentou que o senso crítico e as diferenças entre os integrantes do governo é aceitável.

Foi a primeira vez que Khamenei conduziu as orações de sexta-feira em Teerã desde a que realizou na semana após as eleições de junho, quando apoiou a reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad, culpou a oposição por qualquer derramamento de sangue e acusou as potências ocidentais de interferir nas relações domésticas do Irã.

(Reportagem de Zahra Hosseinian e Reza Derakhshi)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host