UOL Notícias Notícias
 

04/10/2009 - 15h17

FMI diz que Argentina deve jogar pelas regras comuns

Por Axel Bugge

ISTAMBUL (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse à Argentina neste domingo que sua recusa em permitir que especialistas em fundos revisem sua economia é "algo estranho", afirmando que, quando se faz parte de um grupo, é preciso jogar pelas regras que valem para todos.

A Argentina encerrou um acordo de contingência (standby) com o FMI em 2005 e o fundo não tem sido capaz de realizar uma revisão anual regular da economia do país desde 2006, como faz com quase todos os países membros.

"Bem, a Argentina faz parte do Fundo e do G20", afirmou o diretor do FMI para o Ocidente, Nicolas Eyzaguirre, a jornalistas durante o encontro semi-anual do FMI, em Istambul.

"Nesses grupos, você participa e discute suas políticas como outros", colocou. "Assim, participar do clube e escutar o que os outros estão fazendo mas não dizer a eles o que você está fazendo é algo estranho."

As relações da Argentina com o FMI têm sido sensíveis por anos porque o FMI é apontado como culpado pelos argentinos por ter encorajado políticas e um endividamento que mais tarde contribuíram para o colapso econômico do país em 2001-2002.

O ministro das Finanças da Argentina, Amado Boudou, sinalizou esta semana que o país está preparando uma revisão com o FMI. Ele disse ao Comitê Financeiros e Monetário Internacional em Istambul no domingo que a Argentina está planejando também retornar aos mercados internacionais.

O país deve 6,7 bilhões de dólares em dívidas ao FMI e precisa solucionar a questão como parte de seus esforços para colocar suas relações com a comunidade financeira internacional nos eixos.

Boudou pontuou que o país superou bem a crise global, prevendo crescimento econômico de 0,5 por cento este ano e 2,5 por cento em 2010.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host