UOL Notícias Notícias
 

19/10/2009 - 21h22

Croácia detém sete acusados de crimes de guerra--imprensa

ZAGREB (Reuters) - A Croácia deteve sete pessoas nesta segunda-feira acusadas de cometer crimes de guerra na Bósnia-Herzegóvina em 1995, afirmou uma porta-voz do ministério público a uma rádio estatal.

A polícia e o ministério público confirmaram as detenções, mas não quiseram dizer o número exato de envolvidos ou dar mais detalhes.

A rádio informou que sete ex-membros do exército croata foram detidos pela morte de cinco prisioneiros de guerra sérvios no vilarejo bósnio de Mliniste, em 1995, durante uma operação conduzida pelas forças muçulmana e croata contra os servo-bósnios.

Os sérvios, apoiados por Belgrado na Croácia e na Bósnia, resistiram aos governos reconhecidos internacionalmente em Zagreb e em Sarajevo durante o conflito de 1992 a 1995, que terminou com o acordo de paz de Dayton assinado no fim de 1995.

A Croácia, candidata a integrar a União Europeia, está sob pressão de Bruxelas para cooperar com as investigações de crimes de guerra.

(Reportagem de Igor Ilic)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,38
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    0,41
    65.277,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host