UOL Notícias Notícias
 

13/01/2010 - 20h21

Lula pede minuto de silêncio por Haiti e decreta luto

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decretou nesta quarta-feira luto oficial de três dias por causa do terremoto no Haiti e pediu, durante cerimônia em Brasília, um minuto de silêncio pelas vítimas da tragédia que devastou o país caribenho.

"Hoje poderia ser um dia de muita alegria, mas é um dia de tristeza", disse Lula durante evento para a Copa do Mundo de 2014, ao se referir ao forte tremor que atingiu o Haiti.

O presidente haitiano, René Préval, estimou que o número de mortos pelo sismo de terça-feira pode chegar a 50 mil. Entre as vítimas, estão 12 brasileiros --11 militares e a diretora da Pastoral da Criança, Zilda Arns.

"Todo mundo sabe que nós perdemos alguns brasileiros, não temos confirmação de todos, mas já se sabe que foram 11 das Forças Armadas... Sabemos da perda da nossa querida Zilda Arns, mas não sabemos do conjunto", afirmou.

Segundo o Ministério de Relações Exteriores brasileiro, há cerca de 1.300 brasileiros no Haiti, dos quais 1.266 são militares que atuam na missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU).

Entre os desaparecidos está o representante especial adjunto da ONU no Haiti, o brasileiro Luiz Carlos da Costa, que estava no prédio da ONU que desabou após o terremoto.

Em homenagem às vítimas do tremor, Lula pediu um minuto de silêncio.

"(O Haiti) já vive o problema de ser o país mais pobre do mundo e uma série de problemas não resolvidos. Aquele povo não merecia mais uma desgraça", afirmou. "Eu queria pedir que de pé a gente fizesse um minuto de silêncio pelas vítimas das intempéries."

Lula pediu também aos governadores brasileiros que contribuam com equipamentos a serem enviados ao Haiti.

(Reportagem de Natuza Nery)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    $date.format("HH'h'mm", $data)

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host