UOL Notícias Notícias
 

14/01/2010 - 16h25

ONU diz que ao menos 36 funcionários morreram no Haiti

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - A Organização das Nações Unidas (ONU) confirmou nesta quinta-feira a morte de ao menos 36 funcionários após o desabamento da sede da entidade no Haiti e de outros prédios devido ao terremoto de terça-feira.

Entre os mortos estão quatro policiais da ONU, 13 funcionários civis e 19 militares, disse a jornalistas o alto representante da ONU David Wimhurst, durante vídeoconferência da capital haitiana, Porto Príncipe.

"Infelizmente, devemos esperar... devemos iniciar a recuperação de mais corpos", afirmou.

O diplomata brasileiro Luiz Carlos da Costa, funcionário da ONU e segundo civil mais importante na hierarquia da missão de paz no Haiti, continua desaparecido.

"Ainda não recebemos uma comunicação oficial (sobre o brasileiro)", disse à Reuters o diretor do Centro de Informação da ONU no Brasil, Giancarlo Summa.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host