UOL Notícias Notícias
 

14/01/2010 - 16h20

Sarkozy diz que é hora de acabar com "maldição" sobre o Haiti

PARIS (Reuters) - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, lançou nesta quinta-feira a ideia de uma conferência internacional pela reconstrução do Haiti, organizada pela França junto a Estados Unidos, Brasil e Canadá.

Sarkozy disse que visitará o Haiti nas próximas semanas para discutir com o presidente René Préval o futuro do país, devastado na terça-feira por um terremoto que provocou a morte de dezenas de milhares de pessoas.

Esse drama deve ser "uma ocasião para o Haiti e seu povo saírem de uma vez por todas da maldição que parece pairar sobre eles há tanto tempo", disse Sarkozy.

"O Haiti não tem vocação para ser um país mártir. Essa nova tragédia pode ser a última se a comunidade internacional se mobilizar na ajuda a esse país", acrescentou.

"Vou propor ao presidente (Barack) Obama, com quem vou me reunir nas próximas horas, que EUA, Brasil e o Canadá tomem a iniciativa de convocar uma grande conferência pela reconstrução e o desenvolvimento no Haiti", disse.

Os EUA anunciaram o desbloqueio de 100 milhões de dólares para o Haiti. Sarkozy declarou que a França iria "trabalhar de perto com a UE para mobilizar os meios mais importantes para reconstruir esse país".

(Reportagem de Elizabeth Pineau)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host