UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 13h17

País vê entrada de quase US$2 bi, mas BC reduz compras

SÃO PAULO (Reuters) - A entrada líquida de dólares no país alcançou quase 2 bilhões de dólares na primeira semana de fevereiro, mas o Banco Central diminuiu a intensidade das compras por meio dos leilões diários no mercado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira.

O saldo positivo do fluxo cambial no mês é de 1,917 bilhão de dólares. Houve superávit de 400 milhões de dólares no segmento comercial e de 1,517 bilhão de dólares no operações financeiras.

O dólar mostrou bastante volatilidade na semana passada, oscilando entre 1,819 e 1,897 real. A moeda caiu nos dois primeiros dias do mês, em um ajuste após a forte valorização de janeiro, mas depois subiu com força por causa da reação global aos problemas fiscais da Grécia.

Nesta quarta-feira, o dólar se mantinha estável, a 1,846 real.

O BC também informou a compra de 54 milhões de dólares no mercado à vista em operações liquidadas neste mês até o dia 5. Em todo o mês de janeiro, foram adquiridos 1,709 bilhão de dólares, mais que o fluxo cambial do período, de 1,075 bilhão de dólares.

No ano, o país tem superávit de 2,991 bilhões de dólares. Desse montante, 1,763 bilhão de dólares foram comprados pelo BC e incorporados às reservas internacionais, que somavam 240,952 bilhões de dólares em 9 de fevereiro.

(Reportagem de Silvio Cascione)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,44
    64.861,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host