UOL Notícias Notícias
 

11/02/2010 - 16h10

STJ se reúne para analisar pedido de prisão de Arruda

BRASÍLIA (Reuters) - Os ministros do Superior Tribunal de Justiça estavam reunidos na tarde desta quinta-feira para analisar o pedido de prisão preventiva e afastamento do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, informou a corte.

O relator do pedido, ministro Fernando Gonçalves, é favorável à prisão, mas dada a complexidade do tema, pediu a convocação da corte especial para que sua decisão fosse analisada por outros ministros da corte.

A corte especial é formada por 15 ministros, mas para evitar falta de quórum foram convocados suplentes. Participam da votação, no entanto, apenas 15 ministros, segundo a assessoria do STJ.

Arruda é acusado de tentar subornar uma testemunha e está envolvido num escândalo de suposto pagamento de propinas.

Segundo a assessoria do governador, caso sua prisão seja decretada, Arruda se apresentará voluntariamente à Polícia Federal.

(Reportagem de Fernando Exman; reportagem adicional de Maria Carolina Marcello)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h50

    0,27
    3,149
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h54

    0,29
    64.869,12
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host