UOL Notícias Notícias
 

25/02/2010 - 14h01

Argentina nunca usará força para recuperar Malvinas--chanceler

BUENOS AIRES (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Argentina, Jorge Taiana, disse que seu país "nunca" recorrerá à força para "recuperar" as Malvinas, no momento em que uma disputa prolongada com a Grã-Bretanha pela soberania das ilhas se intensificou, após o início da exploração petrolífera na região.

A Argentina reivindica o controle das ilhas meridionais desde que a Grã-Bretanha as ocupou, no século 19. Em 1982, após uma tentativa de ocupação argentina das Malvinas, teve início uma guerra de dois meses que terminou com a retirada do país sul-americano.

"Aqueles que levam armas às águas do Atlântico Sul e às Ilhas Malvinas são as forças de ocupação britânicas. A democracia argentina nunca utilizará a força para recuperar as ilhas", disse Taina em declarações reproduzidas no site da Presidência da Argentina.

"Utilizaremos todos os recursos do direito internacional. Quem está usando a força é o Reino Unido", acrescentou.

Taiana se reuniu na quarta-feira com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e lhe pediu que o organismo internacional intervenha na disputa.

A Grã-Bretanha se refere ao arquipélago como Falklands e afirma que a perfuração petrolífera feita pela empresa britânica Desire Petroleum respeita a lei. A Argentina afirma que é uma violação de sua soberania.

Na semana passada a Argentina anunciou que vai exigir que todas as embarcações que atravessem suas águas com destino ao arquipélago obtenham autorização das autoridades locais.

O Grupo do Rio de líderes latino-americanos, que se reuniu no início da semana, divulgou comunicado apoiando as demandas da Argentina para sustar a perfuração próximo às Malvinas.

As Ilhas Malvinas não produzem petróleo em terra firme, e não foi comprovado que tenham reservas ali, mas as empresas petrolíferas asseguram que há campos marítimos que poderiam produzir bilhões de barris do combustível.

(Reportagem de Diego Oré)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host