UOL Notícias Notícias
 

01/03/2010 - 15h58

Terremoto causou grandes danos, diz empresa de energia do Chile

SANTIAGO (Reuters) - Empresas de energia chilenas disseram nesta segunda-feira que o terremoto que atingiu o país causou "danos enormes" às instalações de eletricidade no local mais afetado pelo tremor, mas que a rede de fornecimento da região norte não foi prejudicada.

A maioria das minas no Chile, maior fornecedor de cobre do mundo, tinha retomado a atividade nesta segunda-feira, mas alguns problemas de energia persistiam, fazendo os preços do cobre subir por temores sobre o fornecimento.

O cobre no mercado de metais de Londres avançou para 7.600 dólares a tonelada, o maior valor desde 20 de janeiro. Mais tarde, no entanto, o preço foi reduzido para cerca de 7.354 dólares a tonelada.

A Transelec, maior fornecedora de eletricidade do Chile, informou nesta segunda-feira que é capaz de satisfazer a demanda apesar da devastação na área mais abalada, perto da cidade de Concepción. A empresa acrescentou que nenhum dano foi causado à sua rede de fornecimento de Norte Grande, que abastece as principais minas do país.

A maioria das grandes minas chilenas estão no norte do país, longe do epicentro do terremoto de magnitude 8,8 de sábado, que matou mais de 700 pessoas e destruiu rodovias, pontes e prédios.

(Reportagem de Alonso Soto)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host