UOL Notícias Notícias
 

08/03/2010 - 10h32

Lista de retaliação aos EUA inclui produtos de beleza e metanol

SÃO PAULO (Reuters) - O governo divulgou nesta segunda-feira a lista de produtos norte-americanos com aumento de tarifa de importação como retaliação autorizada pela Organização Mundial de Comércio (OMC) em uma antiga disputa envolvendo os subsídios ao algodão.

Entre os produtos que constam da lista publicada no Diário Oficial da União, estão metanol (com alíquota de 22 por cento), paracetamol (28 por cento), produtos de beleza (36 por cento), leitores de códigos de barras (22 por cento), fones de ouvido (40 por cento), óculos de sol (40 por cento) e veículos de até mil cilindradas (50 por cento).

Essas medidas entrarão em vigor 30 dias após a data de publicação. Na semana passada, entretanto, o chefe de assuntos econômicos do Itamaraty, embaixador Carlos Marcio Condezey, afirmou que o Brasil pode aceitar uma proposta a ser feita pelos EUA.

Essa declaração abre as portas a uma solução amistosa em uma disputa que atrai a atenção do mundo inteiro por ser uma das poucas em que a OMC autorizou uma retaliação cruzada, ou seja, a parte prejudicada pode retaliar contra um setor não envolvido na disputa.

A OMC autorizou em novembro o Brasil a impor sanções sobre produtos dos EUA, como punição aos excessivos gastos de Washington para subsidiar cotonicultores e também por causa de um programa de garantias para créditos a exportadores.

(Por Camila Moreira, Edição de Alexandre Caverni)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host