UOL Notícias Notícias
 

12/03/2010 - 18h51

Seguradora da Air France vai recorrer de indenização no Brasil

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seguradora da Air France afirmou nesta sexta-feira que vai recorrer da sentença judicial brasileira que condena a companhia a indenizar em 2,04 milhões de reais a família de uma mulher que morreu num acidente da empresa no ano passado.

Em nota, a seguradora francesa Axa disse que não aceita a sentença de quinta-feira como jurisprudência, porque a indenização tem de ser decidida por uma comissão criada pelo governo brasileiro, pelas associações de famílias das vítimas e pelas seguradoras. Essa comissão concordou em definir os critérios para uma indenização justa às famílias.

O acidente em questão, no voo AF447 entre o Rio de Janeiro e Paris, ocorreu na travessia sobre o oceano Atlântico durante uma tempestade na madrugada de 1o de junho, matando todos os 228 ocupantes do avião.

Em sua sentença, o juiz Mauro Nicolau Jr. afirmou que o acidente, cuja causa ainda não foi determinada, se deveu em grande parte à "conduta negligente da acusada." A Air France não quis se manifestar por ainda estar estudando a sentença.

Depois do acidente, a empresa disse que indenizaria as famílias das vítimas por meio de seguradoras, com pagamentos em torno de 100 mil euros (137 mil dólares) por vítima, como gesto de compaixão, e não como admissão de culpa.

O acidente com o Airbus 330 matou pessoas de 32 nacionalidades, inclusive 61 franceses e 58 brasileiros. As buscas pelas caixas-pretas, capazes de esclarecer o acidente, devem ser retomadas neste mês.

(Por Stuart Grudgings; com reportagem adicional de Helen Massy-Bereford, em Paris)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host